A pressão de baixa continua no mercado milho devido às incertezas com relação à demanda e, por ora, boas expectativas para a segunda safra, cuja colheita ganha força em junho no país.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A pressão de baixa continua no mercado milho devido às incertezas com relação à demanda e, por ora, boas expectativas para a segunda safra, cuja colheita ganha força em junho no país.

Segundo levantamento da Scot Consultora, a saca de 60 quilos está cotada entre R$54,00 e R$55,00, sem o frete, na região de Campinas-SP, frente a negócios em até R$62,00/saca no início do mês e R$58,00/saca no início da semana passada.

Apesar das quedas, o milho está custando 43,4% mais em relação a abril do ano passado.

Para o curto e médio prazos o viés é de baixa no mercado interno e de oportunidades de compra do cereal pelo pecuarista.

Aumento acumulado nos últimos 12 meses atingiu 39,72%, aponta a Embrapa

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER