A pressão de baixa continua no mercado milho devido às incertezas com relação à demanda e, por ora, boas expectativas para a segunda safra, cuja colheita ganha força em junho no país.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A pressão de baixa continua no mercado milho devido às incertezas com relação à demanda e, por ora, boas expectativas para a segunda safra, cuja colheita ganha força em junho no país.

Segundo levantamento da Scot Consultora, a saca de 60 quilos está cotada entre R$54,00 e R$55,00, sem o frete, na região de Campinas-SP, frente a negócios em até R$62,00/saca no início do mês e R$58,00/saca no início da semana passada.

Apesar das quedas, o milho está custando 43,4% mais em relação a abril do ano passado.

Para o curto e médio prazos o viés é de baixa no mercado interno e de oportunidades de compra do cereal pelo pecuarista.

Tendência é que falte matéria-prima com possível desistência da atividade leiteira

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER