JARU: Produtores acampam em frente a laticínio por falta de pagamento do leite – eDairyNews Últimas notícias
Brasil |8 julio, 2020

Produtores de laticínios | JARU: Produtores acampam em frente a laticínio por falta de pagamento do leite

Segundo os produtores, já passam de 90 dias que não é efetuado nenhum pagamento por parte dos laticínios, mesmo depois de ter sido feito um acordo verbal

Segundo os produtores, já passam de 90 dias que não é efetuado nenhum pagamento por parte dos laticínios, mesmo depois de ter sido feito um acordo verbal

Até esta segunda(06), já contabiliza quatro dias em que produtores do leite dos municípios de Jaru, Ji-Paraná e Seringueiras, encontram-se acampados em frente aos laticínios Tradição de suas respectivas cidades, como forma de reivindicar seus pagamentos atrasados do leite que é entregue pelos produtores as indústrias.
Segundo os produtores, já passam de 90 dias que não é efetuado nenhum pagamento por parte dos laticínios, mesmo depois de ter sido feito um acordo verbal, no qual a empresa INLARON teria assumido a dívida deixada pelo CANÃ, porém deste foi pago apenas o valor referente ao mês de fevereiro, e parte do pagamento do mês de março, que havia sido dividido em três parcelas.
Segundo um dos líderes do movimento, Manoel Cuiabano, afirmou que os produtores de ambas cidades só sairão de frente das indústrias, após um acordo de pagamento, caso contrário permanecerão no local.
Aviso legal sobre propriedade intelectual em conteúdo digital

Todas as informações contidas nestas páginas que NÃO são de propriedade da eDairy News e NÃO são consideradas "de domínio público" pelos regulamentos legais são marcas registradas de seus respectivos proprietários e reconhecidas por nossa empresa como tal. A publicação no site eDairy News é feita com a finalidade de coletar informações, respeitando as normas contidas na Convenção de Berna para a Proteção das Obras Literárias e Artísticas; na Lei 11.723 e demais normas aplicáveis.

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas