A KWS possui um programa de melhoramento de híbridos especialmente para a produção de silagem | Foto: Acervo KWS Sementes
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A KWS possui um programa de melhoramento de híbridos especialmente para a produção de silagem

 

A inovação, cada vez mais, passa a ocupar uma importante fatia no investimento das empresas do setor agro. A empresa alemã KWS Sementes, presente no Brasil há 8 anos, é referência em desenvolvimento de pesquisas para tornar o agronegócio ainda mais forte. O Gerente de Silagem da KWS Sementes – América do Sul, Dimas Cardoso, destaca o compromisso da empresa com o produtor rural.  “A KWS investe todos os anos mais de 10% do seu faturamento bruto em projetos de pesquisa e desenvolvimento”.

A KWS possui um programa de melhoramento de híbridos especialmente para a produção de silagem. Através de uma extensa rede de ensaios, são avaliadas características dos híbridos que resultam na maior produtividade de matéria seca e conversão final de leite ou carne, explica o Gerente de Silagem.

Através de pesquisas e tecnologia de ponta, é possível desenvolver um portfólio de silagem que é compatível com as necessidades dos produtores. De acordo com Dimas, apesar de estar há alguns anos no país, a KWS chegou a relativamente há pouco tempo na região Sul. “O Brasil tem uma diversidade edafoclimática muito grande, principalmente o Sul. Por isso, precisamos fazer um estudo de adaptação dos híbridos a cada microrregião. Nos últimos dois anos, conseguimos híbridos com alta performance adequados a todas as localidades do Sul do país”.

A qualidade da silagem impacta diretamente na eficiência do produtor rural, pois a alimentação corresponde a 50% do custo do leite. “Se você tem uma silagem de alta qualidade incluída na dieta diária do animal, consegue uma economia significativa no concentrado energético e, consequentemente, um custo de alimentação mais baixo, tornando-se mais competitivo no mercado”, comenta Dimas. A performance e a saúde do animal também aumentam e, da mesma forma, sua produção de leite ou carne também.

No total, 57 prêmios vieram para o Brasil; produção do queijo mineiro já é reconhecido como patrimônio cultural imaterial.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER