Origem terá envase em 24h, sem adição de estabilizantes.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A Cooperativa Languiru reuniu a imprensa, na manhã desta segunda-feira (19), em sua sede administrativa em Teutônia para a presentar a novidade de seu portfólio de laticínios: O leite Origem. Como deferenciais, o Origem terá envase em até 24 horas após a ordenha, o que reflete na pureza, frescor e sabor do produto, sem a necessidade de estabilizantes (sais que evitam a precipitação da proteína do leite) em virtude da celeridade no processo.

A matéria-prima é produzida em cinco propriedades rurais selecionadas de associados da cooperativa. Localizadas no Vale do Taquari e certificadas pelo programa de Boas Práticas na Fazenda (BPF) da Languiru, a proximidade dessas propriedades rurais da Indústria de Laticínios, em Teutônia, permite agilidade de coleta da matéria-prima e sua industrialização. Paralelamente a isso, a utilização de QR Code na embalagem amplia a garantia de origem e rastreabilidade do produto desde a propriedade rural até os pontos de comercialização.

“A Cooperativa Languiru gerencia programas que fiscalizam o manejo na propriedade rural, as condutas na indústria e a expedição do seu mix de produtos. O intuito é preservar as características naturais das matérias-primas e garantir a qualidade dos produtos. Há 63 anos, sustentamos reputação positiva junto aos consumidores, reflexo de um trabalho que sempre primou pela segurança dos alimentos produzidos nas propriedades dos nossos associados e industrializados nas nossas unidades fabris”, destaca o presidente Dirceu Bayer.

Benefícios para o produtor

O Leite Origem é mais um passo de profissionalização da cadeia produtiva. A propriedade rural de Auri Eidelwein (61), em Linha Águas Boas, município de Bom Retiro do Sul, é uma das cinco primeiras a fornecer a matéria-prima para o Leite Origem. Inclusive, o trabalho de sucessão na propriedade já gera frutos, com o envolvimento do filho Marcos Henrique Eidelwein (35) e da nora Magda Beatriz Ribeiro (37).

Para a família, o processo eleva a função do “tirador de leite” para o produtor de leite profissional. “Hoje, produzimos cerca de quatro mil litros de leite/dia, uma evolução que ocorreu muito rapidamente”, comenta o patriarca. Com 130 vacas em lactação, os investimentos em genética, infraestrutura e conforto animal, além do incremento do rebanho e ferramentas de controle possibilitaram ganhos de produção. “Com o ganho de qualidade do leite, também passamos a ser melhor remunerados pela cooperativa. Caprichamos ao máximo para que o produto que sai da nossa propriedade seja diferenciado”, conclui Auri.

QR Code

Com a tecnologia QR Code, desenvolvida em trabalho conjunto da Languiru com a SIG Combibloc, o Leite Origem Languiru tem sua rastreabilidade desde a propriedade rural até o ponto de venda, o que permite o acompanhamento do processo de qualidade envolvido na captação da matéria-prima, em caminhões específicos, passando pela industrialização e comercialização. A embalagem de Leite Origem UHT integral de um litro possui código exclusivo, impresso durante a fabricação na indústria, embalagem por embalagem, e que pode ser acessado pelos consumidores por meio de aplicativo de leitura de QR Code.

Boas Práticas na Fazenda

Desenvolvido pela Languiru desde 2014, com a finalidade de reforçar o conceito de qualidade e valorizar a marca da cooperativa, o BPF concede certificação à propriedade rural mediante a realização de auditoria que atende rigorosos parâmetros de segurança dos alimentos, bem-estar animal e sustentabilidade, orientando o produtor de leite sobre a conservação dos alimentos, controle sanitário do rebanho, atitudes higiênicas no ambiente de ordenha e acondicionamento do leite.

Estando todos os aspectos em conformidade, a propriedade recebe certificado válido por um ano, com nova visita de vistoria após esse período. Aprovado, o associado da cooperativa também passa a receber bônus no pagamento pela produção.

O volume de produção dessas propriedades rurais certificadas pelo BPF, inclusive, compõe o leite tradicional Languiru nas versões longa-vida integral, semidesnatado, desnatado e zero lactose. Isso permite, muito em breve, ampliar o volume envazado exclusivamente na linha de Leite Origem.

Expoagas 2019

A Languiru apresenta mais de dez produtos na Expoagas 2019 – 38ª Convenção Gaúcha de Supermercados, feira que ocorre de 20 a 22 de agosto, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre. Entre lançamentos e relançamentos nos segmentos carnes (aves e suínos) e lácteos, o Leite Origem deve ser o principal destaque. AI/LF

O Papel do Lácteo na Formação e Manutenção da Estrutura Muscular.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER