Setor produtivo registrou aumento nas importações enquanto as exportações diminuíram em relação ao mês de junho.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Leite

O leite virou um vilão nas compras dos moradores de Santa Catarina e o litro do produto já passa dos R$ 8 em Florianópolis. Diante deste cenário, soma-se ainda o aumento de 40% no preço médio aos produtores.

Leite é encontrado por R$ 8,79 em mercados de Florianópolis – Foto: Internet/Reprodução/ND
Leite é encontrado por R$ 8,79 em mercados de Florianópolis – Foto: Internet/Reprodução/ND

Nas redes sociais, os residentes da Capital seguem reclamando do preço do litro, mesmo após o redução do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para o produto.

 

De acordo com o boletim agropecuário de julho divulgado pela Epagri/Cepa, os preços dos lácteos seguiram com expressivas altas no mercado atacadista nas últimas semanas.

Dessa forma, a estimativa é que o valor recebido pelos produtores em julho deve ficar acima da média de junho, que deve superar os “melhores preços médios da série histórica”.

Neste cenário, a média do litro do leite no posto na propriedade subiu de R$ 2,15 para R$ 3,04, ou seja, um aumento de 41,4% aos produtores.

Além disso, o setor produtivo registrou aumento nas importações enquanto as exportações diminuíram em relação ao mês anterior.

“Com os atuais patamares dos preços internos, o cenário mais provável é que em julho se repitam o aumento das importações e a redução das exportações”, destaca a Epagri/Cepa no boletim agropecuário.

Custos de produção impactam preço do leite

Os custos para o produtor de leite subiu 62% nos ultimos anos, sendo que acarretou em uma elevação de 43% ao consumidor, conforme apresentou o Agro, Saúde e Cooperação.

De acordo com Glauco Carvalho, pesquisador da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), a principal causa da inflação de lácteos é a elevação dos custos de produção, que ocasionou menor oferta do produto.

Além disso, o leite longa vida registrou 21,62% de inflação, conforme o boletim do Índice de Custo de Vida de Florianópolis publicado pela Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina) em junho.

O rigoroso controle de custos e as melhorias de produtividade permitem que a Danone compense até certo ponto o aumento dos custos.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER