Consultoria Agripoint diz que com período de entressafra e maior procura nos supermercados, por conta da doença, preços podem inclusive subir
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A consultoria Agripoint acredita que o mercado de lácteos não deve ser afetado pelo novo coronavírus no curto prazo. De acordo com o CEO da empresa, Marcelo Pereira de Carvalho, os alimentos no geral são os itens mais procurados em momentos como este.

Ele afirma ainda que há uma tendência na elevação dos preços por conta da entressafra. Além disso, a alta do dólar está desestimulando a importação de leite.

Além disso, ele ressalta que a população busca nos supermercados produtos estocáveis. “Como por exemplo o leite UHT e o em pó. O UHT subiu R$ 0,60 no atacado. Os valores começaram a semana em R$ 2,30 e agora se aproximam de R$ 3. Existe a tendência de busca do produto no spot [mercado à vista]”, diz.

Dessa maneira, o cenário de menor leite entrando no país, aliado a queda na produção, corrobora para preços firmes no Brasil.

Médio prazo

Passado o curto prazo, a Agripoint ressalta que a retração da economia e o Produto Interno Bruto (PIB) deverá afetar o poder de compra ao longo do tempo. “Mas ainda não sabemos, estamos vivendo algo inédito”, comenta Carvalho.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER