O governo do Uruguai anunciou a ampliação de um benefício fiscal para o setor lácteo com o intuito de incentivar a produção da cadeia e o acesso a mercados asiáticos como China e Vietnã.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O governo do Uruguai anunciou a ampliação de um benefício fiscal para o setor lácteo com o intuito de incentivar a produção da cadeia e o acesso a mercados asiáticos como China e Vietnã. Segundo comunicado do Ministério de Pecuária, Agricultura e Pesca do país, um desconto médio de 15% nas tarifas de energia paga pelos laticínios terminaria na próxima semana, Agora, será estendida até o fim de 2019. O ministro da Indústria, Energia e Mineração, Guillermo Moncecchi, ressaltou que a medida implicará uma renúncia fiscal de US$ 10 milhões.

Moncecchi lembra que a empresa Conaprole, por exemplo, já realizou vendas para a China “e existem fortes possibilidades de expansão de negócios do setor naquele país do Oriente”. Atualmente, o leite em pó é o principal produto exportado e há um trabalho para que produtos de maior valor agregado sejam embarcados.

Foram premiadas as mais produtivas vacas das categorias adulta e jovem para dois produtores de Carlos Barbosa.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER