"> Marabá sedia 1º Encontro de Laticínios da região - eDairyNews-BR
Com palestras inovadoras, expositores trazendo o que há de melhor e mais moderno no mercado e laticinistas dos estados do Pará, Maranhão, Piauí e Tocantins, Marabá sedia o 1º Encontro de Laticínios, que iniciou nesta quinta-feira, 21, e prossegue amanhã, sexta, 22.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Durante os dois dias de evento a coordenação espera receber uma média de 170 pessoas / Fotos: Evangelista Rocha

Com palestras inovadoras, expositores trazendo o que há de melhor e mais moderno no mercado e laticinistas dos estados do Pará, Maranhão, Piauí e Tocantins, Marabá sedia o 1º Encontro de Laticínios, que iniciou nesta quinta-feira, 21, e prossegue amanhã, sexta, 22.

O objetivo é fazer com que pequenos e médios produtores conheçam as novidades e novas tendências. A organização do evento deseja o esse público tenha acesso aos melhores produtos. “Com tudo o que está sendo ofertado aqui nesse momento, espero que a gente consiga profissionalizar mais essa área de laticínios na região”, explica Jussara Rocha, diretora do Grupo Mais Food, que está à frente da organização do evento, em parceria com a Prefeitura Municipal de Marabá.

“Falta uma escola técnica pra formar laticinistas nessa região”, afirma coordenadora do evento

Para Jussara, que já trabalha no mercado lácteo há mais de 25 anos, a região é muito promissora e um seminário como esse é de suma importância para os produtores de leite.

“Falta uma escola técnica pra formar laticinistas nessa região. Aqui não tem só o leite de vaca, mas o de búfala também, na Ilha do Marajó. Ainda desperdiçam muito o soro do leite e eles precisam começar a aproveitar. Então, essa troca de informações é muito válida para que comecem a trabalhar de uma forma mais proveitosa, aumentando assim a liquidez em três ou quatro vezes”, garante.

Uma das palestras mais aguardadas do evento foi de Daniel Silveira, responsável pela JDS Representações, que atua no segmento de máquinas para o setor de laticínio, que está em franca expansão.

Palestrante do evento abordará o tema “Queijos fatiados: mercado em expansão”

Com o tema “Queijos fatiados: mercado em expansão”, Silveira aborda sobre o fatiamento, embalagem, processamento dos queijos, entre outros assuntos. “Sabemos que existe uma certa carência em tecnologias, e a medida que eles conhecem o potencial e adquirem equipamentos de alta tecnologia, acabam criando um portifólio de produtos com mais diversidade, agregando maior valor ao mercado”.

Com grande expectativa e feliz com a receptividade dos laticinistas no evento, o palestrante e expositor pretende gerar negócios, ou pelo menos, abrir portas para que parcerias venham a acontecer.

Presente ao encontro, o diretor superintendente do Sebrae no Pará, Rubens Magno Junior, falou com a Reportagem e disse que iniciativas como essa fazem com que haja uma retomada econômica. “E o Sebrae atua no desenvolvimento de alicerces, apoiando encontros como esse, reunindo pessoas de estados diferentes”.

Rubens Magno, do Sebrae, ressalta que iniciativas como essa fazem com que haja uma retomada econômica

Marabá

Representando a Secretaria Municipal de Agriculta, apoiadora do evento, Marcos Paulo Eleres, secretário adjunto do órgão, explica que a bacia leiteira de Marabá tem crescido cada vez mais através do fomento do pastejo rotacionado, que é um sistema no qual a pastagem é subdividida em três ou mais piquetes, que são divididos em sequência por um ou mais lotes de animais.

“Dentro desse projeto, a gente entrega uma espécie de kit ao produtor, como semente, sistema de irrigação, assistência técnica e cerca elétrica, por exemplo. Dessa forma, conseguimos fomentar essa parceria e aumentar a produção”, explica.

Embrapa, Emater e Ideflor oferecem ajuda com a assistência técnica, enquanto o produtor entra, de fato, somente com a terra e a mão de obra. “Com isso, temos conseguido fortalecer algo que estava parado há muitos anos”, diz Marcos.

Secretário adjunto da Seagri, Marcos Paulo, afirma que em breve o município de Marabá vai inaugurar um laticínio

Ao Correio de Carajás, o secretário adjunto da Seagri falou sobre a importância do evento nesse momento. Segundo ele, em breve o município deve inaugurar um laticínio na Vila Sororó, zona rural, e o encontro com empresários e produtores de várias regiões do País ajuda ainda mais na concretização desse projeto.

“Buscamos parcerias para equipamentos, assistência técnicas, embalagens. Próximo ao laticínio temos mais de 60 famílias que estão aptas para fornecer o produto. Temos uma cadeia leiteira forte em Marabá”, enfatiza.

Evento

O 1º Encontro de Laticínios da região acontece no Hotel Golden Ville, em Marabá, e durante os dois dias de evento a organização espera receber 170 pessoas, entre convidados, empresários, expositores e laticinistas.

Participaram da abertura do encontro autoridades e empresários locais.

Acompanhamento técnico melhora todos os indicadores das propriedades.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER