As cotações do milho continuam em alta no mercado brasileiro, conforme apontam dados do Cepea
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

As cotações do milho continuam em alta no mercado brasileiro, conforme apontam dados do Cepea

As cotações do milho continuam em alta no mercado brasileiro, conforme apontam dados do Cepea divulgados nesta segunda-feira (2). Esse cenário está atrelado à diminuição da oferta de vendedores, que seguem atentos à colheita da segunda safra e à redução na produtividade, em decorrência do desenvolvimento prejudicado pela seca e pelas geadas.

O Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas/SP) subiu 1,41% de 23 a 30 de julho, fechando a R$ 101,40/saca de 60 quilos na sexta-feira, 30 – em julho, a alta acumulada foi de 13,21%. CAMPO – No Paraná, a Seab/Deral indica baixa de 58% na produção em relação à expectativa inicial (de 14,6 milhões de toneladas), passando para 6,1 milhões de t.

Em Mato Grosso, o Imea aponta queda na produtividade, passando de 106,29 sacas/hectare em janeiro para 93,8 sc/ha em julho, o que deve resultar em produção de 32 milhões de toneladas, redução de 4 milhões de t em relação à expectativa inicial e de praticamente 3 milhões de t na comparação com o ano anterior.

 

Aumento acumulado nos últimos 12 meses atingiu 39,72%, aponta a Embrapa

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER