O ritmo de negócios envolvendo milho está lento no mercado brasileiro, segundo indicam pesquisas do Cepea. Produtores estão atentos aos trabalhos de campo e ao desenvolvimento da safra de verão 2020/21.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O ritmo de negócios envolvendo milho está lento no mercado brasileiro, segundo indicam pesquisas do Cepea. Produtores estão atentos aos trabalhos de campo e ao desenvolvimento da safra de verão 2020/21. Diante disso, muitos vendedores estão afastados do spot – apenas alguns agentes tentam negociar os lotes finais de 2019/20. Compradores, por sua vez, estão resistentes em negociar nos atuais patamares de preços. Na semana passada, as desvalorizações externa e do câmbio pressionaram as cotações nos portos e, consequentemente, em muitas praças acompanhadas pelo Cepea. Apesar disso, as médias da parcial de fevereiro ainda estão bem acima das verificadas no mesmo mês de 2020.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER