Desde o início deste ano, o preço do leite pago ao produtor de Mato Grosso vem se aproximando da média Brasil. No mês de junho, o diferencial de base MT-SP avançou 2,55 p.p. e apresentou uma diferença de apenas -12,49%. 
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Desde o início deste ano, o preço do leite pago ao produtor de Mato Grosso vem se aproximando da média Brasil. No mês de junho, o diferencial de base MT-SP avançou 2,55 p.p. e apresentou uma diferença de apenas -12,49%.

Com o avanço do período da seca no estado, a queda na captação da matéria-prima elevou os preços praticados no campo. Com isso, preço médio MT aumentou 8,14% em relação ao mês anterior, cotado ao valor médio de R$ 2,02/l em jul.21, enquanto o preço médio brasileiro de leite exibiu um acréscimo de 5,00% no mesmo período, sendo cotado a R$ 2,31/l, conforme dados do Cepea.

Apesar da baixa oferta de leite em alguns estados, o movimento de alta na média Brasil perdeu impulso devido a menor demanda por lácteos por parte do consumidor final. Nos próximos meses, a diferença de preços entre as duas praças pode se estreitar ainda mais devido à intensificação do período de estiagem em MT.

Para incentivar a silagem a secretaria Municipal de agricultura está oferecendo tratores à comunidade.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER