Exp/Imp (média diária) – Encerrado o mês de abril de 2021, as exportações totais de produtos lácteos foram 232% maiores que as realizadas no mesmo mês de 2020.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Exp/Imp (média diária) – Encerrado o mês de abril de 2021, as exportações totais de produtos lácteos foram 232% maiores que as realizadas no mesmo mês de 2020. Todos os segmentos tiveram aumentos, e o maior deles foi o ‘Leite, creme de leite e laticínios, exceto manteiga ou queijo’, que apresentou crescimento de 312% em valores e de 146% em volume, refletindo o aumento de 67,1% ocorrido nos preços.

As duas outras categorias dos lácteos exportados, ao contrário, tiveram queda nos preços, e assim o percentual de aumento em volume foi  maior do que os verificados em US$.

As importações de lácteos, por outro lado, mesmo com quedas nos preços dos produtos, que variaram entre 10%, para ‘Leite, creme de leite e laticínios, exceto manteiga ou queijos’, de 5% nas importações de manteiga, e de 27% nos queijos, o crescimento, tanto em valores, 14,6%, como em volumes 21,21%, mostraram uma forte tendência de queda em relação aos meses anteriores.

Essa inversão no comércio brasileiro de lácteos ajudou a reduzir o déficit da balança na comparação interanual, passando de -US$ 18,8 milhões no ano passado, para -US$ 13,3 milhões em abril deste ano.

Entretanto, o saldo positivo foi possível pelo desempenho do segmento ‘Leite, creme de leite e laticínios, exceto manteiga ou queijos’.

O comércio de manteiga e queijo foi negativo para o Brasil, no mês de abril de 2021, ficando acima dos déficits registrados em abril de 2020.

Acesse aqui a tabela de dados

 

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER