Audiência da Comissão de Agricultura foi realizada na quinta-feira (11), em Cascavel (PR), direto do Show Rural Coopavel.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Divulgação/Show Rural

O Brasil é o país que mais preserva suas matas e recursos naturais e produz alimentos com responsabilidade e sustentabilidade. Essa foi a tônica de audiência da Comissão da Agricultura e Reforma Agrária do Senado, na quinta-feira (10), durante o Show Rural Coopavel, que acontece nesta semana em Cascavel, no Oeste do Paraná. A reunião foi transmitida ao vivo a partir da Casa Paraná Cooperativo pela TV Senado.

O presidente da Comissão, o senador por Rondônia, Acyr Gurgacz, disse que o Brasil é o país mais verde do mundo justamente pela consciência e responsabilidade de seus produtores rurais. “Preservamos por respeito à lei, ao meio ambiente e à vida. Essa atitude mostra para o mundo também o quanto o Brasil está integrado à sua legislação, que é a mais rigorosa do planeta”, afirmou o senador. “Quanto preservam esses países que apontam o dedo e acusam o Brasil?”, questionou ele, ressaltando que o Brasil vai avançar ainda mais nesse tema.

514 milhões de hectares

O presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, informou que o Brasil preserva 514 milhões de hectares, muito diferente do que falam no exterior devido aos mais incontáveis interesses. “Essa é a verdade: nosso país é o que mais preserva no planeta. Mais de 60% do território nacional está protegido. Apenas 9% das nossas terras são dedicadas à cultura de grãos, de onde se extrai 280 milhões de toneladas por ano”.

Dilvo disse reconhecer e ser grato aos produtores rurais que doam parte do seu patrimônio (de 20% a 80% de suas terras dependendo da região onde esteja a propriedade) à preservação ambiental. Ele falou ainda de cooperativismo e de sua enorme contribuição social. “Poderíamos deitar em berço esplêndido e simplesmente ser repassadores de grãos. Porém, agregamos valor e geramos muitos empregos. Somente a Coopavel industrializa 90% dos grãos que recebe, transformados em carne que vai para dezenas de países”.

Show Rural

Um dos três maiores eventos do mundo em transferência de tecnologias para o campo, o Show Rural contribui para aumentar a produtividade de grãos com inovação e sustentabilidade. O evento, com 400 expositores, começou segunda e segue até a tarde desta sexta-feira, em Cascavel, no Oeste do Paraná. “Esse e outros eventos técnicos, como o Rondônia Rural Show, conduzem o Brasil à condição de maior celeiro de alimentos do mundo. Em 2030, vamos produzir 400 milhões de toneladas e temos, sem desrespeitar o meio ambiente, potencial para muito mais”, afirmou Dilvo Grolli no encontro com os senadores.

O Ministro da Agricultura, Pecuária e Pesca da Nação, Julián Domínguez, realizou uma reunião bilateral com seu homólogo brasileiro, Marcos Montes Cordeiro.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER