Idalino Leão diz que prioridade será "a sustentabilidade económica da produção de leite".
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O pacense Idalino Leão foi eleito presidente do conselho de administração da Federação Nacional das Cooperativas de Produtores de Leite – FENELAC.

A eleição dos órgãos socias para o quadriénio 2022-2025 aconteceu ontem, sendo “o novo conselho de administração presidido por Idalino Leão, da Agros, acompanhado de José  Marques e Nuno Cardoso, da Lacticoop, e Adalberto Póvoa e Vítor Santos, da Proleite”, informa nota de imprensa.

Idalino Leão, também presidente da A Lavoura, de Paços de Ferreira, citado, avança que a prioridade será “a sustentabilidade económica da produção de leite, a qual atravessa um  período difícil devido ao aumento muito significativo do preço dos factores de produção”. A meta passa ainda por “contribuir para a promoção da produção na cadeia de valor láctea e a dignificação da actividade junto da Tutela, através de uma posição reivindicativa, séria e persuasiva”.

A FENALAC é a entidade que representa o sector lácteo cooperativo nacional, sendo formada por quatro grandes organizações cooperativas – Agros, Proleite, Lacticoop e Serraleite, que juntas abarcam entre si mais outras 70 cooperativas de base, representando 70% do sector lácteo do território continental, o equivalente a 1.200 produtores de leite.

Segundo nota de imprensa desta entidade, a produção de leite em Portugal representava 711 milhões de euros em 2021, o equivalente a 23% da produção animal e a 11% da produção agrícola. A criação de emprego directo e indirecto do sector lácteo deverá atingir os 50 mil postos, a maior parte “em zonas rurais altamente carenciadas do ponto de vista económico e social”.

Um levantamento realizado pela equipe de consultores da SIA, Serviço de Inteligência em Agronegócios, com base em dados de 350 produtores atendidos no Rio Grande do Sul, mostra que a produção diária de leite nestas propriedades teve uma redução de 19%, ou seja, de 17 para 13 litros diários por vaca.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER