Em Minas Gerais, custo do leite subiu 30% entre 2021 e 2022. Para driblar ração cara, produtores de leite investem em alimentação alternativa para gado
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
FOTO: Inês Trovisco

Em Minas Gerais, custo do leite subiu 30% entre 2021 e 2022. Para driblar ração cara, produtores de leite investem em alimentação alternativa para gado
Em Minas Gerais, o custo de produção do leite subiu 30% entre 2021 e 2022. Os criadores da Zona da Mata estão fazendo de tudo para reduzir o gasto com a alimentação do rebanho.
Assista a todos os vídeos do Globo Rural
Um dos métodos dos pecuaristas é a adoção do capiaçu na dieta do gado. O cultivo é derivado do capim elefante e tem alto valor nutritivo para suplementação volumosa. A alternativa ajuda a economizar na compra de ração.

O Ministro da Agricultura, Pecuária e Pesca da Nação, Julián Domínguez, realizou uma reunião bilateral com seu homólogo brasileiro, Marcos Montes Cordeiro.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER