Pecuaristas protestam contra o baixo preço pago pelo leite em Rondônia – eDairyNews Últimas notícias
Rondônia |7 abril, 2021

Preços do leite | Pecuaristas protestam contra o baixo preço pago pelo leite em Rondônia

Durante protesto cerca de 10 mil litros de leite foram descartados. Rondônia é o maior produtor de leite da Região Norte, e cerca de 40% do setor leiteiro aderiu a paralisação.

Nesta terça-feira (6) um caminhão que transporta leite de propriedades rurais até laticínios foi parado por manifestantes em União Bandeirantes (RO), distrito de Porto Velho. Como forma de protesto cerca de 10 mil litros de leite foram descartados.

Os produtores rurais pedem o reajuste no valor do litro do leite. Em Rondônia os valores variam de acordo com cada laticínio, mas em média o preço do litro é R$ 1,20.

O estado tem mais de 28 mil produtores de leite que entregam mais de 1,6 milhão de litros de leite pro dia. Rondônia é o maior produtor de leite da Região Norte, e cerca de 40% do setor leiteiro aderiu a paralisação.

Para a Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia (Faperon), uma alternativa para preservar a cadeia produtiva do estado é aumentar o consumo do leite. Entre as propostas está oferecer o produto na merenda escolar por meio de programas governamentais.

O Sindicato de Laticínios do estado de Rondônia diz que o problema é recorrente, mas há expectativa de melhorias.

Tópicos |
Aviso legal sobre propriedade intelectual em conteúdo digital

Todas as informações contidas nestas páginas que NÃO são de propriedade da eDairy News e NÃO são consideradas "de domínio público" pelos regulamentos legais são marcas registradas de seus respectivos proprietários e reconhecidas por nossa empresa como tal. A publicação no site eDairy News é feita com a finalidade de coletar informações, respeitando as normas contidas na Convenção de Berna para a Proteção das Obras Literárias e Artísticas; na Lei 11.723 e demais normas aplicáveis.

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas