Durante protesto cerca de 10 mil litros de leite foram descartados. Rondônia é o maior produtor de leite da Região Norte, e cerca de 40% do setor leiteiro aderiu a paralisação.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Pecuaristas protestam contra o baixo preço pago pelo leite em Rondônia — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Nesta terça-feira (6) um caminhão que transporta leite de propriedades rurais até laticínios foi parado por manifestantes em União Bandeirantes (RO), distrito de Porto Velho. Como forma de protesto cerca de 10 mil litros de leite foram descartados.

Os produtores rurais pedem o reajuste no valor do litro do leite. Em Rondônia os valores variam de acordo com cada laticínio, mas em média o preço do litro é R$ 1,20.

O estado tem mais de 28 mil produtores de leite que entregam mais de 1,6 milhão de litros de leite pro dia. Rondônia é o maior produtor de leite da Região Norte, e cerca de 40% do setor leiteiro aderiu a paralisação.

Para a Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia (Faperon), uma alternativa para preservar a cadeia produtiva do estado é aumentar o consumo do leite. Entre as propostas está oferecer o produto na merenda escolar por meio de programas governamentais.

O Sindicato de Laticínios do estado de Rondônia diz que o problema é recorrente, mas há expectativa de melhorias.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER