Leite/América do Sul – Exceto o Brasil, a produção de leite nas fazendas vem melhorando nas principais bacias leiteiras da América do Sul com a chegada do leite da primavera.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Leite/América do Sul – Exceto o Brasil, a produção de leite nas fazendas vem melhorando nas principais bacias leiteiras da América do Sul com a chegada do leite da primavera.

Embora as condições de seca tenham melhorado um pouco no Brasil, a produção de leite estagnou e o volume de leite cru está abaixo dos níveis do ano anterior. A oferta de leite cru está aquém das necessidades das indústrias e os estoques permanecem baixos. O preço do leite ao produtor aumentou consideravelmente, já que a concorrência ficou acirrada. A elevação do preço na fazenda está impactando na venda dos lácteos no varejo. Como resultado, as vendas de leite UHT, queijos e leite em pó estão mais lentas em comparação com algumas semanas atrás. É preciso lembrar, no entanto, que as vendas foram sustentadas pelos programas de ajuda governamental, embora os preços estivessem altos. Enquanto isso, as importações de lácteos pelo Brasil estão aumentando, após quase um ano de estagnação. A alta do preço do leite e a relativa valorização da moeda brasileira está incentivando as importações, o que deve, eventualmente, ajudar a baixar os preços.

Na Argentina e Uruguai as chuvas estão estimulando a qualidade das pastagens nas principais bacias leiteiras dos países. No entanto, o clima seco é previsto para o final do ano por causa do fenômeno La Niña. Até agora a oferta de leite é mais do que adequada para as necessidades de processamento, e o excedente está sendo transformado em leite em pó. Além disso, durante a primavera, a previsão é de mais leite e matéria gorda para processamento. Em termos de demanda, o impulsionador da indústria de laticínios continua sendo o varejo, uma vez que os serviços de alimentação continuam reabrindo, mas muito lentamente.

 

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER