Leite/América do Sul – A oferta de leite aumenta sazonalmente no Cone Sul. No Brasil, a produção de leite continua nos níveis do ano passado e a demanda por soro de leite em pó é forte.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Leite/América do Sul – A oferta de leite aumenta sazonalmente no Cone Sul. No Brasil, a produção de leite continua nos níveis do ano passado e a demanda por soro de leite em pó é forte.

No entanto, as condições ruins das pastagens reduziram as expectativas de produção no Uruguai e na Argentina. A oferta atual de leite não é suficiente para atender as necessidades da indústria. As condições financeiras dos produtores melhoraram diante das boas colheitas de soja e milho, junto com o maior preço ao produtor. No entanto, a demanda de alguns produtos lácteos está fraca. As indústrias estão diante do dilema de pagarem preços pela matéria prima, que não poderão ser retornados com o atual nível das vendas, ou reduzirem o preço ao produtor e perder o fornecedor para o concorrente.

Alguns industriais acreditam que com o crescimento dos estoques os preços sejam pressionados no final do ano. Outros, no entanto, aguardam os resultados do acordo comercial entre o Mercosul e a UE, e que ele possa favorecer a indústria de laticínio.

As perspectivas dos fundamentos do mercado apertaram-se ainda mais do lado da oferta no último mês, com o pico de produção na NZ a permanecer mais fraco do que o esperado e a contínua pressão descendente sobre a produção de leite da UE.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER