Para que a pecuária de leite alcance padrões cada vez maiores de qualidade e sustentabilidade no Espírito Santo, o Instituto Capixaba de Pesquisa
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Para que a pecuária de leite alcance padrões cada vez maiores de qualidade e sustentabilidade no Espírito Santo, o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e a Cooperativa Agrária Vale do Itabapoana (Cavil), estão realizando o Diagnóstico Inicial do Plano de Qualificação de Fornecedores de Leite, demanda de uma Instrução Normativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O levantamento do Diagnóstico Inicial é composto por 97 perguntas referentes à gestão da propriedade; gestão de insumos; manejo sanitário; manejo alimentar; qualidade da água; manejo de ordenha e pós ordenha; refrigeração e estocagem de leite; uso racional de produtos químicos e medicamento veterinário; adoção de práticas de manejo racional; e bem-estar animal.

As visitas às propriedades rurais já estão em curso, abrangendo produtores de: Bom Jesus do Norte, São José do Calçado, Apiacá, Guaçuí, Mimoso do Sul e Presidente Kennedy.

Até o momento, já foram atendidos 27 pecuaristas de leite, como Henrique Goularte, da comunidade de Barra Alegre, em Bom Jesus do Norte, que destacou o acompanhamento como importante para o desenvolvimento do trabalho na propriedade.

O extensionista do Escritório Local de Desenvolvimento Rural (ELDR) de Bom Jesus do Norte, Jarbas Teixeira Borges, explicou que as visitas nas propriedades serão continuadas bimestralmente, conforme orientação do Mapa.

“Está sendo importante essa ação pois estamos com um diagnóstico muito real do cotidiano do pecuarista e de sua família. O plano de qualificação proposto é uma das metas a ser atingida com eficiência visando à melhoria da produção e ao bem-estar da família rural”, ressalta

Os Centros Regionais de Desenvolvimento Rural (CRDRs) Central Sul e Caparaó, assim como a Coordenação de Projetos de Bovinocultura Sustentável do Incaper, também estão desenvolvendo ações engajadas no apoio à pecuária do leite no Estado.

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER