Polêmica! Leite é tudo igual? Entenda a diferença entre o leite em pó e o composto lácteo, que tem gerado dúvidas – eDairyNews Últimas notícias
Brasil |16 julio, 2020

Leite | Polêmica! Leite é tudo igual? Entenda a diferença entre o leite em pó e o composto lácteo, que tem gerado dúvidas

“Ah, leite é tudo igual, né?!”. Nem sempre! Imagine que você está na prateleira do mercado, pensando que a marca e o preço são as únicas variáveis na hora de escolher.

“Ah, leite é tudo igual, né?!”. Nem sempre! Imagine que você está na prateleira do mercado, pensando que a marca e o preço são as únicas variáveis na hora de escolher. Porém o rótulo de uma das latas diz “leite em pó integral”, e o de outra informa “composto lácteo”. E aí, qual é a diferença?

Esse ponto tem levantado várias polêmicas nas redes sociais, inclusive com posts que chegaram a viralizar no Facebook e, nas últimas semanas, ultrapassaram a marca de cinco milhões de views.

A marca que acabou implicada no debate foi a Nestlé, com sua famosa linha Leite Ninho. O produto que está no centro da questão é o Ninho Forti+ Instantâneo, classificável como composto lácteo, o que é diferente da classificação “leite em pó”.

A polêmica pode ter surgido do fato de que a marca realmente trouxe uma nova fórmula, que inclui, entre os ingredientes, vitaminas, minerais, óleos vegetais e fibras. Segundo a Nestlé, o composto é indicado para crianças em idade pré-escolar que passam por período de seletividade com baixa ingestão de vitaminas e minerais.

Portanto, seria outra linha de produto, sendo que uma não exclui a outra. A informação nutricional e os ingredientes de cada uma das opções estão disponíveis no site da empresa: leite integral em pó (aqui) e composto lácteo (aqui)!

O que dizem as autoridades no assunto?

Segundo a legislação brasileira, para ser classificado como leite (ou leite em pó), o produto não deve ter outros ingredientes adicionados a não ser vitaminas e minerais.

Já para o produto ser qualificado como composto lácteo, é necessário preencher alguns requisitos presentes na Instrução Normativa nº 28, de 12 de junho de 2007, do Ministério da Agricultura (aqui).

Basicamente, os ingredientes lácteos devem representar no mínimo 51% da massa do total de ingredientes do produto. Ou seja, o leite deve continuar sendo o principal ingrediente.

Afinal, qual é a diferença exata entre eles?

Aqui vale a pena lembrar que outra classificação que pode causar polêmica ou confusões é a das fórmulas infantis. Então, abaixo vamos definir claramente cada uma das três:

  1. Leite em pó: é o produto obtido por desidratação do leite de vaca; deve ser integral e desnatado ou parcialmente desnatado. Ele é natural, composto por água, gordura, vitaminas, proteínas, enzimas e lactose; e tem o cálcio mais biodisponível. Deve conter somente proteínas, açúcares, gorduras e outras substâncias minerais próprias do leite. Alguns dizem que ele não é indicado para crianças menores de 1 ano, pois não substitui o leite materno. Exemplos: além da Ninho, a NAN e a Aptamil têm várias linhas de leite em pó para bebês. Molico é um exemplo de leite em pó para adultos.
  2. Composto lácteo: é o produto em pó resultante da mistura do leite com substâncias alimentícias lácteas (como soro de leite, leite fermentado, manteiga e creme de leite), não-lácteas (como açúcares, edulcorantes nutritivos, chocolate, café e frutas) ou ambas. Surgiu como uma alternativa e, com vimos acima, mesmo ele deve ter no mínimo 51% de leite de vaca. É um produto industrializado, geralmente mais caro do que o leite em pó integral. Vale ressaltar que ele não é necessariamente um produto inferior; embora não possua as mesmas propriedades do leite integral, ele poderá, por exemplo, ser recomendado para consumo em casos individuais. Além da série Ninho, outros exemplos de composto lácteo incluem: Neslac e Ideal (também da Nestlé), Enfagrow (Mead Johnson) e Milnutri (Danone).
  3. Fórmulas: as fórmulas infantis também são um tipo de leite artificial, ou seja, um alimento processado. Elas são concebidas e comercializadas para a alimentação de bebês e recém-nascidos (menores de 12 meses de idade). O objetivo aqui é complementar o aleitamento materno ou mesmo substitui-lo, quando necessário. Existem vários tipos de formulas, como aquelas destinadas para crianças com intolerâncias, ou mesmo segundo uma necessidade de suprimento nutricional. Exemplos: NamAptmilEnfamil Premim e Similac.

Então, quando for comprar, lembre-se: a principal restrição do leite integral é a de não ser indicado para menores de 1 ano de idade. Já o composto lácteo deve ser recomendado por especialista, pois contém muitos nutrientes (apesar de ser um ingrediente muito utilizado em receitas de doces).

Em todos os casos, é importante lembrar que a recomendação sobre a alimentação da criança (seja o uso de fórmulas, compostos lácteos ou mesmo leite integral) sempre deve ser feita por um pediatra.

Além disso, dá para afirmar que sempre que possível as crianças devem ser alimentadas exclusivamente com leite materno pelo menos até os seis meses de idade, e preferencialmente até os dois anos como complemento à alimentação.

Tópicos |
Aviso legal sobre propriedade intelectual em conteúdo digital

Todas as informações contidas nestas páginas que NÃO são de propriedade da eDairy News e NÃO são consideradas "de domínio público" pelos regulamentos legais são marcas registradas de seus respectivos proprietários e reconhecidas por nossa empresa como tal. A publicação no site eDairy News é feita com a finalidade de coletar informações, respeitando as normas contidas na Convenção de Berna para a Proteção das Obras Literárias e Artísticas; na Lei 11.723 e demais normas aplicáveis.

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas