Produto doado pelo governo era comercializado na internet pela metade do preço das farmácias. Secretaria de Saúde identificou quatro suspeitos.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal identificou duas mulheres, de 30 e 43 anos, que estavam vendendo ilegalmente leite infantil para crianças alérgicas à proteína do leite de vaca. O caso é investigado pela 2º Delegacia de Polícia.

De acordo com a secretaria, pelo menos quatro suspeitos recebiam gratuitamente as latas de leite doadas por um programa do governo e depois vendiam o produto pela internet.

Oito latas de Pregomin – indicado para crianças alérgicas à proteína do leite da vaca – eram vendidos por R$ 450. Nas farmácias, o preço fica em torno de R$ 1.040.

“Os suspeitos foram chamados para prestar depoimento e estão descadastrados do programa que disponibiliza gratuitamente o leite especial no DF”, disse a secretaria.

A pasta explica que o leite faz parte do Programa de Terapia Nutricional Enteral Domiciliar e atende crianças de até dois anos. Ao todo, 462 crianças são cadastradas no Distrito Federal.

A polícia diz que não há como falar em penalidades, pois o caso ainda está sob investigação.

Latas tem carimbo de proibindo a venda  — Foto: Secretaria de Saúde/DivulgaçãoLatas tem carimbo de proibindo a venda  — Foto: Secretaria de Saúde/Divulgação

Latas tem carimbo de proibindo a venda — Foto: Secretaria de Saúde/Divulgação

Cadastro

Para receber o leite especial, a criança tem que ter até dois anos de idade e precisa ter cadastro no Sistema único de Saúde (SUS). Os pacientes devem passar por uma avaliação médica a cada seis meses.

Além disso, é necessária uma análise do nutricionista da rede a cada três meses. A Secretaria de Saúde do DF informou que gasta cerca de R$ 4 milhões por ano na compra do leite especial.

Mudança

A previsão da secretaria é que os critérios para obter o benefício fiquem mais rigorosos a partir de agora. Exames complementares, que são opcionais, passariam a ser obrigatórios.

Dados sobre os principais indicadores para a cadeia produtiva do leite como preços do leite no mercado brasileiro e internacional, relação de troca ao produtor, balança comercial brasileira de leite e derivados.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER