Segundo especialista do Cepea, alta nos valores se deve à menor oferta, que por sua vez está reduzida devido aos altos custos de produção.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Fonte: Pixabay

O pagamento do leite realizado ao produtor no mês de abril, referente ao produto captado em março, teve aumento de 9,8%, segundo a pesquisadora do Cepea, Natália Grigol, chegando ao valor médio no Brasil de R$ 2,42 por litro. Ela explica que desde janeiro, o valor pago no camo aumentou 10,9%, mas isso não significa que haja lgrandes lucros ao produtor de leite.

A pesquisadora pontua que a alta nos valores se deve à menor produção, que por sua vez é motivada pelos altos custos de produção. E são justamente estes altos custos, principalmente os relacionados com a alimentação dos animais, que têm desmotivado maiores investimentos na produção leiteira. Natália cita aidna que, devido à pressão nas margens, alguns produtores estão desistindo da atividade.

A menor captação, conforme aponta o Índice de Captação Leiteira (ICAP-L) do Cepea, mostra recuo de 0,5% de fevereiro para março e já acumula baixade 4,5% desde março/21.

Esta menor oferta do leite impacta os preços pagos ao produtor e também os valores pagos pela indústria no mercado spot. “O preço médio do leite spot em Minas Gerais avançou 15,4% entre a primeira e a segunda quinzena de março, chegando a R$ 2,95/litro. E os preços continuaram subindo em abril, mas em ritmo mais lento. Na primeira quinzena deste mês, a média foi de R$ 3,01/litro, e na segunda quinzena, de R$ 3,02/litro”, segundo dados do Cepea.

Para a especialista, estas altas vertiginosas podem perder a força já que, por mais que parte dos custos sejam absorvidos pelos elos da cadeia produtiva, outra parte ainda chega às gôndolas, e pode fazer com que o consumo diminua.

Podcast

Entrevista com Natália Grigol – Pesquisadora do Cepea sobre o Mercado do Leite

Desestimulados com o mercado leiteiro em Goiás, produtores abandonam a produção e preço do leite dispara.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER