O Boletim de Mercado do Setor Lácteo Goiano trouxe, pelo segundo mês consecutivo, uma redução no preço médio da sua cesta de derivados lácteos.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Índice é calculado a partir da variação dos preços de uma cesta de produtos lácteos que representa o mix médio de derivados produzidos pelos laticínios no Estado de Goiás (Foto: Reprodução)

O Boletim de Mercado do Setor Lácteo Goiano trouxe, pelo segundo mês consecutivo, uma redução no preço médio da sua cesta de derivados lácteos. Houve recuo de -1,14% no índice da cesta, no mês de referência de agosto, em comparação com o mês de anterior.

Divulgado nesta segunda-feira (30) pela Câmara Técnica e de Conciliação da Cadeia Láctea em Goiás, o documento mostrou elevação apenas no preço médio pago pelo litro de leite UHT integral de R$ 3,45 para R$ 3,52 (+1,94%). Houve, porém, variação negativa no leite em pó integral (-3,55%) e no leite condensado (-4,61%). Já os números relativos ao queijo muçarela e ao creme a granel registraram leve decréscimo (-0,11% e -0,42%, respectivamente), ficando próximos da estabilidade.

Índice
O Boletim de Mercado do Setor Lácteo Goiano é uma iniciativa do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e do Instituto Mauro Borges (IMB), em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e o Sindicato das Indústrias de Laticínios no Estado de Goiás (Sindileite). O índice é calculado a partir da variação dos preços de uma cesta de produtos lácteos que representa o mix médio de derivados produzidos pelos laticínios no Estado de Goiás.

Na cesta avaliada são considerados cinco produtos: leite UHT integral, leite em pó integral, queijo muçarela de barra, leite condensado e creme de leite a granel. O cálculo leva em consideração os preços recebidos pela indústria no mercado atacadista.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER