Encarecimento da ração animal e isenção da taxa de importação da muçarela estão dificultando a produção do setor
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Os preços pagos aos produtores de leite estão atingindo recordes, mas, ainda assim, a situação do setor é complicada. Os preços em alta não cobrem os custos da produção de leite no Brasil. O principal motivo é o aumento dos valores da soja e do milho, que fazem a ração animal ficar muito mais cara.

Pesquisadores do Cepea observam que as indústrias de leite já estão com dificuldade para comprar o produto e garantir o abastecimento – o que explica, em parte, a valorização do produto.

LEIA TAMBÉM: Preço da muçarela vai cair? Saiba o que muda com a importação sem taxa

Leite (Foto: Getty Images)
O preço do leite captado em fevereiro e pago aos produtores em março subiu 3,3% em relação a fevereiro (Foto: Getty Images)

A decisão do governo federal de zerar a tarifa para importadores trazerem queijo muçarela de fora do Brasil piorou a situação no setor. A Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite) tenta derrubar a medida anunciada pelo Ministério da Economia no dia 21 de março.

De acordo com o presidente da organização Geraldo Borges, esta é uma situação nunca vista no setor. “Tem muito produtor que não está conseguindo fechar a conta, muita gente trabalhando no vermelho e até produtores saindo da atividade”.

Ouça o CBN Agro, de segunda a sexta-feira, às 5h45, no CBN Primeiras Notícias, e às terça-feiras, às 13h25, no CBN Brasil.

“Enxugar gelo”. Você já sentiu essa interminável sensação?

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER