A publicação aponta que o preço do leite em pó integral, que influencia fortemente os pagamentos aos agricultores locais, aumentou 21%, para US$ 4.364,00 a tonelada.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Além do leite em pó, quase todos os outros produtos da cadeia aumentaram de preço, incluindo a manteiga, que subiu 13,7%, para US$ 5.826,00 a tonelada, em média.

A analista sênior de laticínios da NZX, Amy Castleton, disse à Radio New Zealand que este foi definitivamente um resultado mais alto do que qualquer um esperava. Alguns analistas previam um aumento, mas apenas de 3% a 4%. Castleton aponta que houve forte demanda do Norte da Ásia, com aumento nas compras em comparação ao mesmo período do ano passado.

A analista de laticínios do Rabobank, Emma Higgins, disse que o resultado do leilão foi definitivamente atribuído à demanda chinesa.

“O custo de produção de leite na China agora é caro. Os preços da ração na China – especialmente para milho e farelo de soja – atingiram altas em vários anos”, disse ela à rádio.

Higgins disse que os atrasos no frete e na alfândega devido à Covid-19 e ao contínuo interesse da China em aumentar os estoques de segurança alimentar tornaram a corrida por laticínios um tanto compreensível.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER