"> PREÇOS GLOBAIS DE LATICÍNIOS SENTEM A MORDIDA DO CORONAVÍRUS - eDairyNews-BR
O maior exportador da Nova Zelândia, Fonterra, disse na semana passada que o surto não afetou seus negócios, mas que estava monitorando de perto a situação na China.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
o preço do leite integral em pó – que tem a maior influência no preço do leite farmgate da Fonterra – caiu para US$ 3.039 a tonelada – o menor nível desde agosto do ano passado.

No geral, o índice de preços GDT caiu 4,7% desde a última venda, em 8 de janeiro.

Entre os outros produtos de referência da Fonterra, o leite em pó caiu 4,2%, para US$ 2.907 a tonelada.

O leite em pó de manteiga caiu 5,2%, para US$ 2.886/tonelada, e a gordura do leite anidro caiu 4,5%, para US$ 4.626/tonelada.

o preço do leite integral em pó – que tem a maior influência no preço do leite do portão da  Fonterra – caiu para US$ 3.039 a tonelada – o menor nível desde agosto do ano passado.

No geral, o índice de preços GDT caiu 4,7% desde a última venda, em 8 de janeiro.

Entre os outros produtos de referência da Fonterra, o leite em pó caiu 4,2%, para US$ 2.907 a tonelada.

O leite em pó de manteiga caiu 5,2%, para US$ 2.886/tonelada, e a gordura do leite anidro caiu 4,5%, para US$ 4.626/tonelada.

Os preços da manteiga ganharam 0,2%, para US$ 4.258 a tonelada.

Os produtos não-referência se saíram melhor – o cheddar ganhou 6,0%, para US$ 4.302/tonelada, a caixa de rennet subiu 6,0%, para US$ 9.956/tonelada e a lactose, com alta de 2,5%, para US$ 830 a tonelada.

O coronavius matou até agora 427 pessoas e infectou 20.000 – a maioria na China – elevando o preço do petróleo e desestabilizando os comodities e os mercados acionários em todo o mundo.

Os preços futuros do mercado sugeriram que o leite integral em pó – a maior exportação da Nova Zelândia – teve um grande choque no leilão desta semana.

Os preços do pó integral vinham se firmando desde meados de 2019, além de um recuo curto em dezembro.

Traduzido pela equipe de edairynews

É a primeira vez na história que uma carga de leite brasileiro é exportado para a China. Cooperativa gaúcha é a responsável pelo feito.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER