Transformar leite em produtos lácteos foi tema da reunião entre o secretário de Agricultura, Almy Junior, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Mérida e Associação de Produtores Rurais de Santa Maria
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Transformar leite em produtos lácteos foi tema da reunião entre o secretário de Agricultura, Almy Junior, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Mérida e Associação de Produtores Rurais de Santa Maria

Os 300 produtores rurais que desenvolvem atividade de pecuária leiteira no distrito de Santa Maria de Campos, no Norte do município, têm produção diária que varia entre 12 e 20 mil litros, cuja produção é vendida in natura pela maior parte dos produtores. A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca inicia um ciclo de reuniões com as Associações de Produtores Rurais para incentivar os produtores de leite a agregar valor à essa atividade, transformando o leite em manteiga, iogurte, queijos e outros derivados. (leia mais abaixo)

“Campos é o município com a maior bacia leiteira do Estado do Rio de Janeiro e nós da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca, estamos determinados a incentivar e apoiar os produtores rurais que desenvolvem a atividade leiteira a transformar o leite em produtos para agregar valor à produção do leite, como manteiga, leite pasteurizado, iogurte e queijos. Somente os 300 associados da Associação de Produtores Rurais de Santa Maria de Campos têm um volume de produção com demanda suficiente para abastecer diariamente uma agroindústria de laticínios. Neste propósito, hoje (05) eu e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Mérida, nos reunimos com o presidente da Asprumac, Leandro Rodrigues Galaxe, e o tesoureiro da entidade, Sebastião da Silva”, informa o secretário de Agricultura, Almy Junior. (leia mais abaixo)

O secretário detalha que, “buscamos junto à Asprumac, o desenvolvimento de um processo para agregar valor à produção leiteira. Essa associação tem 300 associados com produção diária que varia entre 12 a 20 mil litros de leite/dia, de acordo com a variação climática, mas a média apresenta volume de leite/dia, que é suficiente para viabilizar uma indústria de laticínio. Iniciamos esse debate com a participação do secretário de Desenvolvimento, Marcelo Mérida, porque os produtores rurais poderão contar com apoio técnico da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca e com apoio para o fomento do empreendimento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Turismo”, anuncia Almy Junior.

Aumento acumulado nos últimos 12 meses atingiu 39,72%, aponta a Embrapa

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER