O presiente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Leite e Derivados - MAPA, Ronei Volpi enviou um ofício à ministra da agricultura Tereza Cristina solicitando, com urgência, que volte a vigorar os efeitos do Ofício Circular DIPOA n° 95/2020.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Setor Lácteo – O presiente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Leite e Derivados – MAPA, Ronei Volpi enviou um ofício à ministra da agricultura Tereza Cristina solicitando, com urgência, que volte a vigorar os efeitos do Ofício Circular DIPOA n° 95/2020.

Este ofício trata de medidas administrativas temporárias para a execução de atividades pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF), considerando as medidas de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus.

A Circular teve sua vigência encerrada em dezembro de 2020, mas com a continuidade da pandemia e seus efeitos, o G100 solicita que as medidas voltem a vigorar, tendo em vista que diversos setores da economia foram e continuam sendo prejudicados, tal como as indústrias de laticínios.

Essa medida auxiliaria os pequenos laticínios que não possuem SIF permitindo a venda de leite cru, diversificando seus produtos em vista a diminuição do consumo de outros lácteos, como o queijo.

Neste sentido, o G100 solicita providências urgentes para que voltem a vigorar o Ofício Circular DIPOA n° 95/2020, ou para que seja editada uma nova Circular com efeitos semelhantes, a fim de proteger, principalmente, os pequenos laticínios.

>>Acesse aqui o documento

 

Aumento acumulado nos últimos 12 meses atingiu 39,72%, aponta a Embrapa

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER