Pesquisa de preços para frios realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor em supermercados e feiras livres da Capital no dia 14 registra uma diferença de R$ 31,91 no preço do quilo do queijo tipo Provolone
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
ANO HISTÓRICO PARA NÓS VENDAS APÓS O FIM DAS TARIFAS - FOTO: RUEDA VILLAVERDE

Pesquisa de preços para frios realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor em supermercados e feiras livres da Capital no dia 14 registra uma diferença de R$ 31,91 no preço do quilo do queijo tipo Provolone (Qatà), com preços entre R$ 47,99 (Latorre – Torre) e R$ 79,90 (Menor Preço – Bairro dos Estados), variando 66,49%. A maior variação foi encontrada no quilo do presunto Sadia, 144,08%, oscilando entre R$ 17,90 (Kasa do Queijo – Mercado de Mangabeira) e R$ 43,69 (Carrefour – Aeroclube), diferença de R$ 25,79.

O levantamento realizado em 13 estabelecimentos traz preços de 117 itens como queijos, presuntos, apresuntados, salames e mortadela (tradicional e defumados). O queijo do reino Regina mostra a segunda maior diferença da pesquisa, R$ 29,91, com preços entre R$ 89,99 (Bemais – Bancários e Manaíra – Manaíra) e R$ 119,90 (Carrefour – Aeroclube), variação de 33,24%.

As outras maiores diferenças do levantamento foram verificadas no queijo tipo parmesão (Buritis), R$ 29,01, com preços entre R$ 74,99 (Bemais – Bancários) e R$ 104,00 (Carrefour – Aeroclube), variação de 38,69%; no peito de peru (Sadia), R$ 26,00, com preços entre R$ 37,99 (Bemais – Bancários e Manaíra – Manaíra) e R$ 63,99 (Carrefour – Aeroclube), variação de 68,44%; e no queijo tipo gorgonzola (Qatá), R$ 25,09, com preços entre R$ 69,90 (Menor Preço – Bairro dos Estados) e R$ 94,99 (Carrefour – Aeroclube), variação de 35,89%.

Supermercados – A pesquisa traz preços coletados nos seguintes supermercados: Bemais (Bancários); Latorre (Torre); Manaíra (Manaíra); Menor Preço (Bairro dos Estados); e Carrefour (Aeroclube).

Mercados públicos – O Procon-JP visitou também os estabelecimentos instalados nos seguintes mercados públicos: Bairro dos Estados (Frios N. S. Aparecida); Torre (Cian, Estevam Frios e Derivados e Batista); Mangabeira (Sertanejo e Kasa do Queijo); e Central (Carlos Moreira e Bil do Queijo).

Podemos convoca o governo regional a “arregaçar as mangas” e comprar ações em empresas estratégicas para garantir suas raízes no território.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER