Nesta terça, litro mais barato, apurado no aplicativo Menor Preço, do governo estadual, custava R$ 2,77
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

De acordo com o coordenador do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) em Santa Cruz, Marcelo Estula, o levantamento mostra seis estabelecimentos, ou seja, os seis menores preços praticados no município, tendo como fonte das informações o aplicativo do Menor Preço, da Nota Fiscal Gaúcha.

Segundo Estula, os santa-cruzenses poderão colaborar com a pesquisa, abastecendo o sistema ao inserir o CPF na nota na hora de realizar uma compra. “É uma ferramenta que auxilia os consumidores, pois na hora da compra, o consumidor colocando o CPF, será registrado nos servidores da  Receita Estadual de onde o aplicativo Menor Preço busca essas informações. Quando é vendido um produto no mercado, essa informação vai para os servidores e o aplicativo, instantaneamente, já mostra onde foi praticado o menor preço dentro do município”, explicou.

O coordenador do Procon afirmou que o levantamento tem como objetivo divulgar os valores para que o consumidor possa escolher onde adquirir o produto com o menor valor. “Um dos objetivos dessa divulgação é propiciar a concorrência no município, para que haja uma tendência de baixa, pressionando os estabelecimentos a fazer uma concorrência entre eles, baixando os valores e beneficiando os consumidores”, ressaltou.

Na pesquisa divulgada nesta terça-feira, dos seis menores preços do litro do leite, o valor mais baixo ficou em R$ 2,77, já o valor mais alto foi de R$ 3,08. Na unidade, a diferença é R$ 0,31, mas se o consumidor adquirir uma caixa, com 12 litros de leite, com o menor valor apontado pela pesquisa, ele estará economizando R$ 3,72 com relação ao produto com o maior valor.

Ainda de acordo com Estula, o levantamento dos valores dos combustíveis segue sendo divulgado, também às terças e sextas-feiras, no site da Prefeitura.

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER