Em meio a uma alta acumulada de 60,8% nos últimos 12 meses.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
preço
preço

Em meio a uma alta acumulada de 60,8% nos últimos 12 meses, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de agosto, o leite ficou até 72% mais barato no Estado do Rio entre setembro/outubro, na comparação com os dois meses anteriores (julho/agosto). Os dados são do Procon-RJ.

O levantamento apurou os preços dos litros de leite integral e desnatado de seis marcas diferentes comercializadas em 42 estabelecimentos das cidades do Rio, Barra do Piraí, Macaé, Mangaratiba, Cabo Frio, Niterói, Nova Iguaçu, Nilópolis, Nova Friburgo, São Gonçalo e Valença.

A maior redução de preço do leite foi encontrada em Niterói, onde uma marca apresentou queda de 72%, seguida de outras duas marcas que ficaram 58% e 56% mais baratas também na cidade da Região Metropolitana.

Outras reduções foram registradas em supermercados Nova Iguaçu (44%), na Baixada Fluminense, e Macaé (35%), no Norte do Rio.

Na capital fluminense, a maior queda apurada pela pesquisa foi num supermercado em Vila Isabel, na Zona Norte, onde a redução foi de 40%. Em São Gonçalo, o consumidor conseguia comprar o produto por até 31% mais em conta.

Em Barra do Piraí, no Sul do estado, a queda variou entre 11 e 33% para o preço da maioria das marcas pesquisadas. Já na vizinha Valença, os preços variavam entre 10% e 25% para menos, comparados à última pesquisa.

Veja a queda máxima em cada cidade:

Niterói – 72%

Nova Iguaçu – 44%

Rio de Janeiro – 40%

Macaé – 35%

Barra do Piraí – 33%

Mangaratiba – 32%

São Gonçalo – 31%

Nova Friburgo – 30%

Cabo Frio – 27%

Valença – 25%

Nilópolis – 22%

É praticamente impossível tirar certos aperitivos do gosto do brasileiro. Sabendo disso, uma pesquisa decidiu apurar um dos nossos xodós do cardápio nacional e elegeu o melhor requeijão que hoje é vendido no Brasil.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER