Minas Gerais representa ¼ do total produzido.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Fonte: Apprenticeship Consults Africa

Estudo realizado pela TCP Partners – firma de investimentos, gestão e fusões & aquisições – constatou que o setor de laticínios no Brasil participa com 11,3% da cadeia produtiva de alimentos, sendo o terceiro segmento mais importante. Com receita líquida anual de R$ 82,7 bilhões/ano, é composto por pequenos, médios e grandes produtores de todas as regiões do Brasil. Ainda segundo o levantamento, Minas Gerais é o maior produtor do país e representa 1 ⁄ 4 de toda produção de leite brasileiro. O Brasil é o 6° maior produtor global de leite, com 27 bilhões de litros/ano.

Considerando também a produção informal, a produção brasileira alcança 35 bilhões de litros/ano, sendo o 4° maior produtor mundial.

De acordo com os dados divulgados pela assessoria, ao analisar o crescimento desse setor, o estudo ainda projeta alta anual de 2% da produção de leite nos próximos dez anos e o consumo per capita deverá crescer entre 1,3% e 1,9% ao ano. Nesse cenário, a receita dos laticínios deverá registrar um crescimento médio anual de 4,0%.

Diante dessas perspectivas favoráveis, muitos investidores – nacionais e internacionais – estão “de olho” nas empresas do setor para desenvolverem suas teses de investimentos.

O setor de laticínios tem muitas oportunidades e logo muitas empresas deverão capital na Bolsa.

Os empresários mexicanos que se dedicam ao negócio do queijo e laticínios têm enfrentado uma situação difícil nos últimos meses.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER