A produção de leite no Brasil está se recuperando.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
leite
A produção de leite no Brasil está se recuperando, pois em comparação com 2021 o primeiro trimestre deste ano caiu 10%, no segundo 7%, no terceiro 3% e no quarto se espera uma produção igual ou ligeiramente superior, disse o sócio da empresa brasileira de consultoria AgriPoint, Valter Galán, no programa Punto de Equilibrio em Carve e Revista Verde.

Ele disse que desde julho a rentabilidade dos produtores brasileiros melhorou consideravelmente devido ao aumento dos preços e à queda dos custos do milho e da soja.

Ele comentou que no sul do Brasil existe uma situação “muito difícil”, devido à falta de chuva, como no Uruguai. Por este motivo, ele estimou que a produção anual de leite cairá entre 4% e 5% em comparação com o ano passado.

Ele indicou que o preço do leite recebido pelo produtor no país do norte é de cerca de US$ 0,50 por litro, o que gera uma rentabilidade de cerca de 20%.

Ele disse que em 2022 o consumo de leite no mercado brasileiro estará entre 8% e 9% abaixo do nível registrado em 2021.

Ele se referiu à importação de produtos lácteos, que no momento é “muito forte”, apesar desta menor demanda. As importações de leite continuarão a ser competitivas, disse ele.

Galán comentou que entre 70% e 80% das importações de produtos lácteos vêm da Argentina, o que representa 120 milhões de litros de leite de um total de 150 milhões de litros por mês.

Quanto ao mercado internacional, o consultor disse que há um “equilíbrio”, “menos produção e menos demanda”, portanto “os preços estão equilibrados nos níveis atuais”.

Ouça Valter Galán

É praticamente impossível tirar certos aperitivos do gosto do brasileiro. Sabendo disso, uma pesquisa decidiu apurar um dos nossos xodós do cardápio nacional e elegeu o melhor requeijão que hoje é vendido no Brasil.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER