Na manhã deste sábado (08), uma palestra sobre Manejo e Beneficiamento de Produtos Lácteos finalizou a programação de palestras oferecidas pela Prefeitura de Gurupi
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Na manhã deste sábado (08), uma palestra sobre Manejo e Beneficiamento de Produtos Lácteos finalizou a programação de palestras oferecidas pela Prefeitura de Gurupi durante a programação da 47ª Exposição Agropecuária da cidade. Participaram do evento produtores de leite e derivados de Gurupi e municípios vizinhos.

A palestra foi oferecida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, por meio da Diretoria Municipal de Agricultura em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (SEAGRO). As palestrantes foram a Verônica Gonçalves e a Kênia Lellis, ambas engenheiras de alimentos da Seagro. E o objetivo foi capacitar os produtores quanto a manipulação correta do leite e seus derivados visando a segurança alimentar.

Fotos: John Souza/Secom

“Explicamos aos produtores que é possível fabricar produto de qualidade adequando as condições que eles têm na agroindústria de pequeno porte. É um trabalho articulado entre a Seagro e o Serviço de Inspeção Municipal de Gurupi que visa mostrar ao produtor que atender a legislação não é tão complicado como se tem acreditado ao longo dos anos. Com medidas simples é possível fabricar produtos de alta qualidade e aptos a serem comercializados nos programas de aquisição de alimentos do governo e vende-los no comércio local”, explicou Verônica.

A diretora municipal de agricultura Alice Jorge, enfatizou a importância da temática para os produtores. “Hoje segurança alimentar é fundamental. O que a Prefeitura quer é que eles continuem produzindo, mas de forma regulamentada, atendendo todas as normas da legislação. Este curso é justamente para isso, para que eles possam se capacitar e para que essa cadeia produtiva possa desenvolver de forma correta e não traga nenhum dano a sociedade no que diz respeito a saúde pública”, frisou Alice.

Alice Jorge ainda acrescentou dizendo que a palestra serviu para que os produtores incrementem sua produção. “Foi ensinado a eles como produzir produtos lácteos para agregar valor na produção, como iogurte natural e queijo frescal. Para que eles possam incrementar sua produção além do leite in natura” finalizou.

A programação contou ainda com um espaço onde foi falado sobre Cooperativismo, com o analista de Cooperativismo do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (SESCOOP), Magno Vinícius. Ele explicou aos produtores os benefícios deste sistema. “A Cooperativa traz o desenvolvimento econômico local, pois toda riqueza que é produzida com a cooperativa na região, fica para a região. Além disso, é a união de pessoas por pessoas, que trabalham com objetivo comum e assim conseguem diminuir custos, aumentar a produtividade e competir de igual para igual no mercado”, explicou Magno.

Dezenas de produtores estiveram presentes na palestra, entre eles o José Roberto Ramalho, produtor de leite da cidade de Dueré. “Isso é muito bom para nós produtores pois aprendemos a forma correta de produzir alimentos com total segurança e conseguimos manter nossa renda”, disse. O Abílio Alves Junior é produtor de leite em Gurupi e também gostou da palestra. “A informação sempre é bem-vinda, ela traz clareza das questões sobre como nós trabalhamos, produzimos, manipulamos e vendemos nossos produtos, além de modernizar nossas práticas”, destacou.

Semana de palestras

Durante a programação da Expo Gurupi, houve palestras sobre vários temas voltados para a Agricultura Familiar e Meio Ambiente, tudo gratuito, fruto de um termo de cooperação técnica celebrado entre a Prefeitura de Gurupi e a Federação da Agricultura do Estado do Tocantins (FAET). As palestras iniciaram no dia 03 e encerraram neste sábado 08. O estande da Prefeitura de Gurupi permanece com exposições de artesanatos e trabalhos apoiados pela gestão até este domingo (09), quando encerra a Feira.

Inflação registrada em agosto no Estado é a maior desde maio de 2021, de acordo com o ICPLeite da Embrapa

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER