Apesar do preço médio do litro de leite ter caído 11% em 2021, os custos de produção subiram 7%.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email


Produtores de leite adotam alternativas para reduzir custos e melhorar preços

Produtores de leite adotam alternativas para reduzir custos e melhorar preços

A alta dos insumos está preocupando produtores de leite em Minas Gerais. Para reduzir os custos e melhorar a qualidade e o preço do litro, eles estão adotando alternativas de produção.

Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Universidade de São Paulo (CEPEA-USP), o preço médio do litro do leite no país caiu quase 11% este ano. Em paralelo, os custos de produção subiram 7%.

Para melhorar a produtividade e derrubar os custos, o produtor Gilson de Oliveira decidiu investir em uma em ordenha canalizada, que facilitou o trabalho da família.

Além disso, ele adotou a captação de dejetos direto do curral, que é canalizado até um tanque onde passa por um processo de fermentação para virar fertilizante. Com isso, a redução dos custos com adubos químicos passa de 50%.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER