Manifestações vêm acontecendo em várias cidades da região, após a diminuição do valor pago por litro de leite pelas grandes indústrias para os produtores do campo.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Fonte: ABC News

Produtores de leite de Vila Rica fazem protesto e encaminham reinvindicações  para indústria láctea - INFORMA ARAGUAIA

Seguindo exemplo dos produtores de leite de outras cidades da região, os produtores da matéria-prima dos produtos laticínios de Vila Rica se reuniram na frente da Câmara Municipal de Vereadores para doar mais de 5 mil litros de leite para a população que passava no local.

Segundo informações repassadas pelos produtores em entrevista com a redação do site Olhar Alerta, a motivação do ato também é a mesma que é visto nas outras cidades: as grandes indústrias lácteas diminuíram o preço de compra do leite – mesmo que todos os produtos feitos a partir do mesmo apresentem sempre crescimento em seu valor de venda.

Logo depois, na mesma manhã, houve uma audiência pública no plenário da Câmara de Vereadores, reunindo a classe dos produtores com os representantes políticos locais, onde – após a apresentação e discussão do problema – houve a aprovação uma pauta de reivindicações aos às empresas de laticínios, onde pede-se que as mesmas sigam o mesmo preço de compra da “Média Brasil”, calculada pelo Cepea.

Outro tópico aprovado pela classe trabalhadora é a redução do prazo de pagamento do produto pelas indústrias: agora é pedido que seja diminuído para 15 dias após o encerramento da entrega da produção mensal.

Segundo os produtores entrevistados, somente com essas mudanças será possível manter as atividades viáveis na região: “Os custos não estão fechando, não está sobrando nada para o produtor, ele está tendo que buscar fontes alternativas de renda para sobrevivência da família”, disse Maurício Sampaio Correa – Presidente da Comissão Organizadora dos Produtores de Leite de Vila Rica.

A segunda edição dos prémios “Vale Pastor” vai atribuir oito vales, de 5.000 mil euros cada, a empreendedores das Regiões DOP da Serra da Estrela e da Beira Baixa, no valor total de 40 mil euros, anunciou a organização.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER