"> Produtores de leite fazem abaixo-assinado para entregar ao presidente Bolsonaro - eDairyNews-BR
Produtores de leite de várias partes do país usam as redes sociais para reunir assinaturas em abaixo-assinado com a intenção de encaminhar ao presidente Jair Bolsonaro.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Produtores de leite de várias partes do país usam as redes sociais para reunir assinaturas em abaixo-assinado com a intenção de encaminhar ao presidente Jair Bolsonaro. O movimento intitulado Construindo Leite Brasil, que se mobiliza para defender os anseios da atividade leiteira, em um dos Grupos de Whatsapp, divulgou na manhã de ontem (31), um abaixo-assinado contendo as pautas principais do movimento, entre as mensagens postadas antes do compartilhamento do documento, podemos destacar algumas de interesse comum:

“Pedimos rastreabilidade para o leite importado, depois de fracionado que o leite importado também tenha no mínimo 50% do tempo de validade; isto porque leite vencendo vendem por qualquer preço”;

“Vai continuar entrando do Uruguai e Argentina leite em pó, UHT, queijo, etc. Reduzir o custo é a nossa única chance para continuar na atividade”;

“O comércio dentro do Mercosul não tem imposto. O governo pelo acordo do Mercosul não pode, mas a tarifa externa de 28% para países fora do Mercosul pode”;

“Pedimos também a renovação da tarifa antidumping para Nova Zelândia e União Europeia”;

Além destas manifestações via Whatsapp, circulam na internet outros vídeos de depoimentos, manifestos e reivindicações.

“Está acontecendo uma revolução silenciosa no leite”, esta foi a declaração feita pelo economista Paulo do Carmo Martins, chefe-geral da Embrapa Gado Leite, avaliando a movimentação do setor.

No cabeçalho do documento se encontra a justificativa do manifesto e a solicitação ao presidente Jair Bolsonaro para a desoneração da cadeia produtiva do leite, revisão da Lei 12.669 e inclusão do Commodity Leite a BM&F. Confira o abaixo assinado aqui. O documento ainda esclarece os principais anseios da categoria, veja:

“Através deste manifesto, expressamos o anseio dos milhares de produtores de leite do Brasil, em este governo reconhecer os danos causados pelas altas taxas tributarias (PIS, CONFINS, FGTS, INSS e FUNRURAL). Rogamos a Vossa Excelência, que o Brasil demonstre apoio aos produtores de leite, ressaltando a nossa preocupação quanto a posição brasileira, insistindo em não reconhecer os inegáveis prejuízos causados pela carga tributária e revisar os escapes que a Lei 12.669 proporciona as empresas de beneficiamento e comercio de laticínios”.

É a primeira vez na história que uma carga de leite brasileiro é exportado para a China. Cooperativa gaúcha é a responsável pelo feito.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER