Produtores de Leite iniciam paralisação em Rondônia – eDairyNews Últimas notícias
Brasil |15 mayo, 2020

Leite | Produtores de Leite iniciam paralisação em Rondônia

Produtores recusam fornecer leite e liberam bezerros para mamar

Produtores recusam fornecer leite e liberam bezerros para mamar

Produtores de leite e laticínios não firmam acordo para reajuste no preço do leite e, a partir de sexta-feira (15), as entregas devem parar. Com o lema “Não adianta espernear! Se não tiver acordo de R$ 1,45 a bezerrada vai mamar”, os produtores de leite se articulam pelas redes sociais com vídeos e depoimentos incentivando a paralisação. Alguns produtores já anteciparam a mobilizaram é já suspenderam as entregas. Querem fazer a negociação direta com as empresas, sem a intervenção política.

Segundo o presidente da Comissão dos Produtores de Leite, Rui Barbosa de Souza, não haverá manifestação pública como fechamento de estradas ou de empresas. “Estaremos colocando os bezerros para mamar e não entregaremos o leite aos laticínios”, explicou. Outra reclamação dos produtores é que o governo estadual estaria em diálogo com as indústrias e excluem os produtores dos debates sobre custo e venda da produção. Rui explicou que o custo para o produtor está em torno de R$1,02 por litro, inviabilizando o fornecimento a menos de R$ 1,45.

Querem também preço único em todos os municípios do estado. Atualmente os valores pagos variam de R$ 0,80 a R$ 1.10 por litro, dependendo da região e do laticínio. Cabe aos produtores também o custo de transportes. O pagamento também não está regular e os produtores fazem questão do dinheiro no dia 5 de cada mês.

O Diário da Amazônia fez contato com o empresário Pedro José Bertelli, presidente do Sindicato das Indústrias de Laticínios no Estado de Rondônia (Sindileite/RO), e ele informou que “no momento fará comentários” sobre a situação.

O secretário de Estado da Agricultura, Evandro Padovani, disse que a crise do leite é nacional e atingiu também a indústria rondoniense já a maior produção é exportada. Com o leite produzido no estado, as indústrias de Rondônia produzem 66% de mussarela, 13,7% leite integral e 5,8% deleite em pó. “Devido a pandemia do novo Coronavírus, a comercialização de derivados caiu 50% e afetou o preço local”, explicou. Sobre a crise no estado, Padovani disse que o governo estadual vem dialogando com as indústrias e com os produtores através de entidades de entidades representativas de classes.

Aviso legal sobre propriedade intelectual em conteúdo digital

Todas as informações contidas nestas páginas que NÃO são de propriedade da eDairy News e NÃO são consideradas "de domínio público" pelos regulamentos legais são marcas registradas de seus respectivos proprietários e reconhecidas por nossa empresa como tal. A publicação no site eDairy News é feita com a finalidade de coletar informações, respeitando as normas contidas na Convenção de Berna para a Proteção das Obras Literárias e Artísticas; na Lei 11.723 e demais normas aplicáveis.

Qualquer reivindicação decorrente das informações contidas no site eDairyNews será submetida à jurisdição dos Tribunais Ordinários do Primeiro Distrito Judicial da Província de Córdoba, República Argentina, com sede na cidade de Córdoba, com exclusão de qualquer outra jurisdição, incluindo a Federal.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Notas relacionadas