Queda da alíquota de 18% para importação de leites de outros estados resultou em prejuízos à cadeia produtiva pernambucana
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Paulo Câmara

O Sindicato dos Produtores de Leite de Pernambuco (Sinproleite-PE) deve ter a última rodada de negociação com o Governo do Estado na próxima quarta-feira (19). A categoria apresentou um ofício com as reivindicações do setor na quarta passada (12).

A reunião contou com as presenças do presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado Eriberto Medeiros (PP); os secretários estaduais da Fazenda, Décio Padilha, e do Desenvolvimento Agrário, Claudiano Martins Filho; além do presidente do Sinproleite-PE, Saulo Malta.

A queda da alíquota de 18% para importação de leites de outros estados resultou em prejuízos à cadeia produtiva pernambucana. “A crise existe, mas nós estamos confiantes de que vamos ser atendidos nas nossas demandas, trazendo ganhos para a nossa categoria”, disse Malta ao Blog do Magno.

O presidente do Sinproleite-PE elencou que as férias escolares provocam a diminuição no consumo de queijo entre janeiro e fevereiro. Além disso, os grandes mercados conseguem trazer produtos de fora do Estado com valores atrativos, levando vantagem na concorrência com a indústria local.

Foram premiadas as mais produtivas vacas das categorias adulta e jovem para dois produtores de Carlos Barbosa.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER