Representantes dos produtores de leite vão se reunir com o presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (9), em Anápolis (GO).
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Bolsonaro receberá pedido de apoio de produtores durante reunião articulada pelo deputado Vitor Hugo

 

Representantes dos produtores de leite vão se reunir com o presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (9), em Anápolis (GO). No encontro, eles entregarão a Bolsonaro uma carta pedindo apoio para o fortalecimento do setor leiteiro. A base produtora diz que vive um momento de dificuldades devido aos altos custos de produção, às importações de lácteos, especialmente de países do Mercosul, e à falta de previsibilidade no pagamento do produto entregue aos laticínios.

De acordo com lideranças da Aproleite/GO e dos movimentos Aliança e Ação, União e Ação, Construindo Leite Brasil e Inconfidência Leiteira, a base produtora de leite cru espera sensibilizar Bolsonaro sobre a importância de o governo federal apoiar a implementação de políticas públicas que deem sustentabilidade à atividade, desenvolvida em cerca de 1,2 milhão de propriedades rurais em todo país.

Na avaliação dos produtores, a valorização da cadeia leiteira é fundamental para evitar o crescente abandono da atividade, o que pode contribuir para o aumento do êxodo rural, e permitir que o Brasil venha a se tornar um grande fornecedor de lácteos para o mercado internacional. Para eles, a melhoria do setor passa pela adoção de medidas que permitam ter renda para garantir o seu sustento e investir na produção.

O encontro entre os produtores e o presidente Bolsonaro é resultado de articulação do deputado federal Vitor Hugo (PSL-GO). O parlamentar tem se reunido com o setor para debater propostas que visem atendê-lo nas suas reivindicações.

No ano passado, os representantes dos produtores também se reuniram com o presidente, em Bagé (RS).

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER