A partir de agora, o criador da raça Holandesa poderá fazer a avaliação genética de seus exemplares. Os animais cadastrados são comparados em uma base de oito milhões de animais cadastrados e registrados em todo o Brasil.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A partir de agora, o criador da raça Holandesa poderá fazer a avaliação genética de seus exemplares. Os animais cadastrados são comparados em uma base de oito milhões de animais cadastrados e registrados em todo o Brasil. Entre os itens destacados estão a produção leiteira, produção de proteína, morfologia, entre outros pontos.

Conforme o superintendente técnico da Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando), José Luiz Rigon, com estes dados o criador pode gerar melhor informação sobre os preceitos genéticos de cada animal na propriedade.

“Essa avaliação genética veio para melhorar a vida do produtor, que ele possa fazer a seleção do seu rebanho. O programa avalia 50% sobre produção, 38% sobre morfologia e 12% sobre saúde animal”, destaca.

Por meio de gráficos, o produtor poderá fazer uma leitura comparativa de todas as características de cada vaca, tendo a base do sistema em todo o Brasil. As informações são lançadas pelo produtor e o programa, utilizando a base de cálculo já prevista, faz a medição. “Para estar no programa, a vaca precisa ter controle leiteiro e classificação linear. Lançadas as informações, o próprio Web+Leite faz o levantamento dos índices”, explica o superintendente.

Rigon ressalta também que estes dados podem ser utilizados para o melhoramento genético dos animais, fazendo a seleção de acordo com determinadas características dos animais da propriedade. “Se o produtor quer acelerar uma característica para determinado tipo, ele poderá pegar as melhores vacas para aquele índice e fazer a multiplicação desta genética”, salienta.

A expectativa é que, até o início do próximo ano, também seja lançado um aplicativo que facilite a vida do criador da raça Holandesa no preenchimento dos dados a serem realizados, em tempo real.

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER