Vários fatores são relevantes quando se trata de produtividade da pecuária de leite. Um deles é a raça, que realmente, afeta a qualidade e a quantidade do produto.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Vários fatores são relevantes quando se trata de produtividade da pecuária de leite. Um deles é a raça, que realmente, afeta a qualidade e a quantidade do produto. Para você que está em busca de melhorias, vamos te proporcionar nesta dica, as características do pardo suíço leiteiro.

Sendo assim, esperamos que sua produção seja sempre elevada.

A escolha da raça ideal para sua propriedade se enquadra em aspectos bem importantes.

Acima de tudo, não importa se a sua venda direta será o leite ou os laticínios. Ter dentro da porteira a raça adequada para sua produção evita prejuízos. Além disso, aumenta o potencial produtivo.

Você vai entender melhor essa justificativa ao longo deste texto.

Principais características do pardo suíço leiteiro

Leite 

Em primeiro lugar, vamos começar por um item muito importante: a produção de leite.

A média de produção diária gira em torno de 25 kg.

O leite produzido pelas vacas pardo suíças tem quantidade de proteína e gordura ideal para a produção de laticínios. Se você está pensando em entrar nesse mercado, sugerimos que insira a raça como opção.

Em segundo lugar, assim como todo gado leiteiro, esse resultado se dá a partir de um conjunto de ações. Entre elas, manejo, alimentação, nutrição e prevenção de doenças.

Por fim, como o que é oferecido no cocho resulta muito no seu leite, confira como melhorar esse aspecto: Ração para gado de leite: aprenda como fazer.

Histórico da raça

Como o próprio nome diz, a origem é da Suíça. É uma raça muito antiga. Há registros arqueológicos que datam de 4000 anos antes de Cristo. Ao longo do século foi se adequando e evoluindo.

Nos últimos anos, cruzamentos com outras raças estão em andamento para obter uma produtividade ainda mais alta.

Os cruzamentos mais comuns são com Girolando, Indubrasil, Guzerá e Gir.

Segundo a Associação Brasileira Criadores Gado Pardo Suíço, no Brasil, existem mais de um milhão de animais fruto de cruzamento de pardo suíço leiteiro com outras. Ou seja, quem sai ganhando é o produtor. E claro, o consumidor também.

 

pardo suiço leiteiro  1024x658 - Quais as principais características do pardo suiço leiteiro?
Exemplar de pardo suiço leiteiro – Foto: Associação Brasileira Criadores Gado Pardo Suíço

Aspectos gerais

  • Se adapta ao clima intenso. Ou seja, tanto no inverno como no verão;
  • As fêmeas têm ganho médio diário de 700 gramas;
  • Já os machos passam a 800 gramas de peso médio diário;
  • Alcança a puberdade aos 346 dias. Sendo assim, indica alta taxa de prenhez;
  • Adaptação ao clima tropical;
  • São animais longevos. Sendo assim, ultrapassam 10 anos de vida;
  • A pele já adaptada a locais com sol escaldante e resistência ao calor evita doenças relacionadas a fotossensibilização.

Para evitar a requeima, como é conhecida, acesse a dica: Requeima em bovinos é causada por intoxicação.

Aspecto físico do pardo suíço leiteiro 

A pelagem é parda escura. Além disso, a pele tem pigmentação escura;

Focinho largo com narinas abertas;

Tem ossos longos, fortes e achatados;

Os cascos são escuros e arredondados.

Por fim, quer saber mais sobre raças leiteiras?  Tem mais conteúdo aqui no blog:

 

Campanha consumo de leite – A Campanha da 1ª Semana do Leite, prevista para ocorrer na primeira quinzena de novembro, foi o tema central da 18ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizada nesta sexta-feira (17).

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER