O produtor de Ariquemes, Gilberto de Assis Miranda, foi o vencedor e trouxe para Rondônia a medalha de ouro do ExpoQueijo Brasil Araxá International Cheese, na categoria Queijo de Vaca, Leite: pasteurizado, tratamento da coalhada, cozida, jovem (30 dias).
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
 

O produtor de Ariquemes, Gilberto de Assis Miranda,  foi o vencedor e trouxe para Rondônia a medalha de ouro do ExpoQueijo Brasil Araxá International Cheese, na categoria Queijo de Vaca, Leite: pasteurizado, tratamento da coalhada, cozida, jovem (30 dias). O evento ocorreu na cidade de Araxá (MG), no período de 4 a 7 de novembro. O produtor foi incentivado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Agricultura (Seagri) para participar do evento.

O objetivo principal do concurso é fomentar a produção de queijos em todo o país, dar visibilidade aos produtores e as suas diversificadas produções, além de premiar os melhores e mais bem avaliados queijos do mundo. O concurso foi voltado para produtores de queijos artesanais no Brasil e exterior que possuam inspeção oficial, como inspeções Federal, estadual ou municipal.

“Eu não dava nada pelo Queijo Colônia, achava que não iria se classificar, e para minha surpresa, foi o ganhador nessa categoria e eu não imaginava que iria ganhar e ganhei. Fiquei muito feliz, muito feliz mesmo, e não é pouco. Eu comemorei muito com esse certificado na mão. Sou campeão mundial e estamos extremamente felizes. O Queijo 4 Cachoeiras Colônia, já é sucesso em Rondônia e agora será no mundo”, disse Gilberto que concorreu com mais de 800 queijos artesanais de todos o país.

O produtor, é mineiro e a produção de queijo faz parte da sua tradição. Há anos vem estudando e se qualificando na produção de queijo. Hoje é pioneiro na produção de queijo em Rondônia com sabor marcante e de qualidade. “Eu venho estudando produção de queijo há muitos anos, nada acontece de um dia para o outro. Tem que estudar, se qualificar, correr atrás”, informou.

A queijaria do produtor, localiza-se as margens do rio Quatro Cachoeiras entre os municípios de Ariquemes e Cacaulândia, por isso, batizou sua marca com este nome. A queijaria industrializa cerca de 400 litros de leite por dia. Grande parte do leite são de vacas girolando e de vacas gir leiteiro, que produz um leite mais saboroso, cheiroso, com teor de gordura mais alto, de 4.6.

O queijeiro destacou que produz o queijo Colônia há cinco anos e que toda a produção artesanal tem o envolvimento da família, além dos incentivadores como o Governo do Estado. “Tudo que a gente produz nós fazemos juntos. Nossa queijaria é artesanal, nós mesmos que ajudamos a fazer e comercializar”, disse.

Para o secretário Evandro Padovani, esse concurso é motivo de muita alegria, pois mostra o potencial que Rondônia tem na produção de leite e queijo de sabor e qualidade. Em 2019, a Seagri iniciou um projeto para criação do concurso estadual de queijo artesanal, mas infelizmente veio a pandemia e o projeto foi paralisado, mas deve ser retomado no próximo ano. “O Gilberto fez a inscrição do concurso, aceitou o desafio e, graças a Deus, deu tudo certo. Foi uma grande surpresa para nós, e como um bom mineiro, ele é muito dedicado em tudo que faz. Hoje ele é pioneiro e representa os mais de 30 mil produtores de leite e queijo de Rondônia”, relatou.

Padovani ainda ressaltou que é uma grande satisfação poder ajudar, e que nesse momento de crise, o leite é uma grande alternativa, seja para o pequeno, médio ou grande produtor. “Com esse resultado, abriu-se o caminho para a gente fortalecer a nossa produção de queijo artesanal no Estado, ainda mais agora com esse grande prêmio que o Gilberto conquistou. Parabenizo o Gilberto e toda a família que são tradicionais da agropecuária”, finalizou Padovani.

O preço médio da cesta de derivados lácteos variou negativamente no mês de novembro/2021. Na média ponderada, a retração foi de 7,21%, em relação dos preços observados pela indústria de laticínios no mês anterior. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira (29/11) no Boletim de Mercado do Setor Lácteo Goiano.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER