Queijo do Marajó - É da Ilha do Marajó , no estado do Pará, um dos vencedores do concurso de casos de êxito “Transformando Vidas”, realizado pelo Programa AL-Invest 5.0, a mais importante cooperação internacional financiada pela União Europeia para o setor empresarial da América Latina.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Queijo do Marajó – É da Ilha do Marajó , no estado do Pará, um dos vencedores do concurso de casos de êxito “Transformando Vidas”, realizado pelo Programa AL-Invest 5.0, a mais importante cooperação internacional financiada pela União Europeia para o setor empresarial da América Latina.

O trabalho de apoio à cadeia produtiva do queijo do Marajó, conduzido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE no Pará, venceu na categoria ‘Articulação de Cadeia de Valores’, com o título ‘Queijo do Marajó: processo de indicação geográfica’.

A divulgação dos vencedores do concurso foi em um encontro virtual na última quinta-feira (12). “É o reconhecimento internacional da história e da qualidade desse produto tradicional, mas também do trabalho que o SEBRAE realiza na região desde 2012, para tirar o queijo da clandestinidade e promovê-lo no mercado”, frisa o diretor-superintendente do Sebrae no Pará, Rubens Magno.

A história deste queijo vencedor traduz a vida dos produtores de queijo dos municípios de Soure, Salvaterra, Cachoeira do Arari, Ponta de Pedras e Muaná, reunidos na Associação de Produtores de Queijo e Leite do Marajó (APQLM), que, atualmente, aguardam a aprovação da Indicação Geográfica da iguaria, uma espécie de ferramenta coletiva de proteção do produto.

“A premiação significa a valorização do trabalho dos queijeiros marajoaras, bem como do próprio produto que atravessa gerações na ilha, e que ganhará muito mais mercado com a indicação geográfica, destaca a presidente eleita da associação, Gabriela Gouvêa.

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER