Com 2,4 milhões de cabeças de gado, o rebanho bovino cresceu 5% em relação ao ano passado. O resultado, divulgado pela unidade estadual do IBGE,
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Com 2,4 milhões de cabeças de gado, o rebanho bovino cresceu 5% em relação ao ano passado. O resultado, divulgado pela unidade estadual do IBGE, representa o início da retomada do crescimento do rebanho, que sofreu retração de 5,7% em 2017.

O Ceará está na 16ª colocação do ranking nacional, com uma participação de 1,1% do rebanho brasileiro. O município de Quixeramobim é quem lidera no Estado, são: 85,5 mil cabeças, ou 3,5% do total do Estado.

Já em relação à produção de leite, a oferta do produto voltou a crescer. Em 2018, o mercado movimentou 705,6 milhões de litros do produto, um acréscimo de 21,3% em relação ao período anterior.

Somente através do Programa de Aquisição do Leite, 1.746 produtores rurais forneceram mais de  9,455 milhões de litros do produto, movimentando mais de R$ 11,44 milhões no período. A iniciativa repassou R$ 1,21 e R$ 1,65 por cada litro de leite bovino e caprino, respectivamente.

Para continuar apresentando números animadores na produção de leite e rebanho no Estado, o Governo do Ceará anuncia convênio com o Ministério do Desenvolvimento Regional para investimento de mais de R$ 2 milhões nos Programas Rota do Mel, Rota do Leite e Rota do Cordeiro.

Sobre o assunto, fala o secretário do Desenvolvimento Agrário, Francisco de Assis Diniz.

Moradores da cidade de Colinas estavam sem energia elétrica desde domingo.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER