Retirada da TEC - Os produtores de leite poderão ter a situação amenizada com a retirada temporária da Tarifa Externa Comum (TEC) para a soja e o milho. 
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Retirada da TEC – Os produtores de leite poderão ter a situação amenizada com a retirada temporária da Tarifa Externa Comum (TEC) para a soja e o milho.

A avaliação é do presidente da Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando), Marcos Tang. O dirigente diz que entende a posição dos produtores destes grãos, mas que devido à dificuldade dos criadores no Rio Grande do Sul em alimentar o gado, a medida pode dar um fôlego a quem produz leite.

Segundo Tang, os criadores relatam grande dificuldade de alimentar as matrizes, pois os produtores gaúchos enfrentaram uma estiagem histórica e, por infelicidade, começa no Estado uma nova seca. “Os insumos tornaram-se muito obrigatórios na nossa alimentação e a ração com base no milho e na soja é um produto básico neste momento. Estamos pagando por um quilo de ração balanceada muito mais que um litro de leite”, destaca.

Segundo o dirigente, a cadeia leiteira está em um momento crítico, em que ao mesmo tempo que comemora uma remuneração mais justa, vê o alimento das matrizes como grande obstáculo, pois as reservas de silagem estão ajustadas. “Torna-se inviável a nossa produção, uma vez que a silagem e as pastagens estão muito difíceis em razão das condições climáticas. Assim sendo, ameniza um pouco se pudermos comprar o quilo da ração mais barato ou ao menos que não continue subindo todos os dias”, salienta.

O presidente da Gadolando ressalta que os insumos subiram muito mais que a remuneração do leite pago ao produtor, chegando o preço do quilo da ração perto de R$ 2,50. Tang observa, também, que é o momento de se discutir outros insumos usados na cadeia produtiva, que apresentam custos elevados e, muitas vezes, inviabilizam a produção de leite.

Inventados para aliviar o trabalho nas salas de cura, eles ajudam na metamorfose dos queijos suíços.”

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER