Comunicado Apil - A Associação das Pequenas Indústrias de Laticínios do Rio Grande do Sul (Apil/RS) vem por meio desta nota reforçar que seus associados, neste momento em que o mundo enfrenta a pandemia relacionada ao Coronavírus (Covid-19)
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Comunicado Apil – A Associação das Pequenas Indústrias de Laticínios do Rio Grande do Sul (Apil/RS) vem por meio desta nota reforçar que seus associados, neste momento em que o mundo enfrenta a pandemia relacionada ao Coronavírus (Covid-19), estão mantendo suas produções já que fazemos parte de uma atividade extremamente essencial que é a alimentação e o abastecimento à população.

Para isso, estamos trazendo recomendações fundamentais para a manutenção das atividades, lembrando sempre que nossos laticínios já realizam intenso controle de higienização na linha de produção.

 

– Aos funcionários que trabalham em setores administrativos, recomendamos a realização do Home Office neste momento;

– Aos que se mantém na linha de produção, redobrem os cuidados já realizados normalmente e sigam os protocolos indicados pelas autoridades em saúde;

– Aos transportadores, que tomem cuidados com a higienização em todo o caminho, desde o recebimento até a entrega do produto na indústria;

– Alguns de nossos associados já adotaram o sistema de delivery no contato direto ao consumidor. Aos que possuem esta venda direta, que reforcem estes canais de vendas;

De toda a forma para que possamos continuar com a missão de produzir alimentos e evitar desabastecimento, a Apil/RS pede à sociedade que cumpra com as determinações das autoridades de manter o isolamento até segunda ordem e sair o minimamente possível apenas para o que for necessário. Acreditamos que se cada um contribuir da sua forma, podemos logo vencer este momento de turbulência.

O Papel do Lácteo na Formação e Manutenção da Estrutura Muscular.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER