O verdadeiro problema das Alterações Climáticas são as emissões da Ásia, UE, EUA e Índia, para o calor, electricidade e transportes.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Fonte: Producir Conservado

No entanto, devemos continuar a explicar a baixíssima incidência das nossas vacas… Elas só precisam de nos falar sobre isso elas próprias.
Para não nos cansarmos nesta exposição recorrente de argumentos científicos e documentos técnicos que sustentam a realidade que difundimos, oferecemos alguns dados muito eloquentes, para colocar sobre a mesa o maior valor de qualquer debate: a verdade.

85% das emissões de GEE responsáveis pelas Alterações Climáticas são geradas na Ásia, UE, EUA e Índia. A América Latina produz apenas 3%.

73% destas emissões são para aquecimento, electricidade e transporte.

A COOP 26 contou com a presença de 200 países e a declaração final não é “vinculativa”.

Finalmente, concluiu-se que o carvão é a principal fonte de aquecimento global e que globalmente 37% da electricidade gerada provém da utilização do carvão.

A China-Índia-EUA e a Austrália são os 4 países mais dependentes do carvão para gerar electricidade.

O metano é o segundo problema na geração do Aquecimento Global e os grandes emissores de metano são a China-Rússia e a Índia. Estes três países, juntamente com os EUA, na COOP 26, ainda não aderiram ao compromisso de redução de emissões.

40% do metano do mundo é produzido em zonas húmidas, processamento de resíduos e o resto na agricultura e pecuária.

A Argentina tem 5,3% do efectivo bovino mundial.

Tradução: DeepL

Os empresários mexicanos que se dedicam ao negócio do queijo e laticínios têm enfrentado uma situação difícil nos últimos meses.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

newsletter

ASSINE NOSSO NEWSLETTER