O secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo, acompanhado da equipe técnica, esteve na sexta-feira (11) no assentamento 21 de Abril, na zona rural da Capital, onde são desenvolvidos dois projetos de valorização do pequeno produtor rural.
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Gustavo Duarte

O primeiro é a criação da Associação das Mulheres da Zona Rural.

Já o segundo trata sobre o desenvolvimento da Unidade de Referência Técnica (URT) para a produção de leite. As ações integram o programa Agro da Gente, reforçando o compromisso da gestão Emanuel Pinheiro com o fortalecimento da economia e a geração de emprego e renda.

Durante a visita, foi realizada a identificação e o mapeamento da área onde será construída a Associação das Mulheres da Zona Rural, um projeto que será desenvolvido pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, em parceria com a Empresa Mato-Grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), com emendas destinadas pela deputada federal Rosa Neide, e que tem como um dos principais objetivos gerar emprego e renda por meio do processamento da produção rural da região.

O projeto ainda prevê a criação de uma agroindústria para que as mulheres possam trabalhar com processamento de frutas. Todos os parâmetros para a unidade modelo foram estabelecidos e a expectativa é que o processo de assinatura do convênio, licitação e contratação da empresa para executar a obra sejam realizados ainda neste semestre.

“Estamos trabalhando duas linhas na área rural, uma para identificar a área definitiva onde nós estamos trabalhando a construção da sede da Associação das Mulheres da Zona Rural na região do 21 de Abril. O prefeito Emanuel Pinheiro conseguiu recursos junto com a deputada Rosa Neide, já estamos firmando convênio com a Caixa e falta agora firmar a questão da área, que estamos aqui com a comitiva justamente fazendo essa identificação da melhor área para atender a comunidade como um todo, no programa que vai não só fomentar o trabalho da Associação das Mulheres como também iniciar uma ação específica de geração de emprego e renda e processamento da produção na região com apoio técnico da Prefeitura com a Empaer e das entidades parceiras do programa Agro da Gente”, destacou Vuolo.

A segunda parte da visita foi realizada em uma propriedade rural, que pertence ao senhor Sérgio e à dona Rosinei, pequenos produtores de queijo e requeijão da região. No local, é desenvolvido o projeto-piloto da Unidade de Referência Técnica (URT) para a produção do leite, que tem como objetivo certificar a produção para atender o comércio da Capital.

“Essa comunidade conta com mais de 100 lotes e nós escolhemos a propriedade do senhor Sérgio e da dona Rosinei porque eles são pequenos produtores, moram na propriedade e 100% da renda deles sai da produção feita aqui por meio da produção do queijo e do requeijão, que são alguns dos requisitos. Essa parceria com a Secretaria de Agricultura agregou investimentos no programa para fomentar a produção o crescimento na produção na região”, explicou o zootecnista da Empaer e responsável pelo projeto da URT, Antônio Romulo Fava.

“Hoje trouxemos equipamentos para a estrutura do curral que está sendo construído. Esse é o projeto-piloto e, cumprindo essa etapa, que é melhorar a capacidade de produção, que é um trabalho feito pela Empaer, nós entraremos com a parte do processamento que é agregar valor a produção com certificação. Então, nós queremos que do leite sejam produzidos o queijo e o requeijão e que saia daqui certificado para atender o mercado e para que possamos motivar os produtores dessa região a criarem gado leiteiro para que parte desse leite possa atender esse processamento aqui na região e, ao final, ter o produto devidamente inspecionado e trabalharmos a comercialização”, acrescentou o secretário Francisco Vuolo.

O mercado de importação de leite em pó no Mercosul é impulsionado pelo Brasil como o maior importador.

Você pode estar interessado em

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Para comentar ou responder, você deve 

ou

Notas
Relacionadas

ASSINE NOSSO NEWSLETTER